Marco Silva sacode pressão e Wolves empatam em casa

O Everton aos triunfos na Liga inglesa, quatro jogos depois, com os toffees a vencerem o West Ham em casa. Equipa de Nuno Espírito Santo cede igualdade caseira com o Southampton

Com André Gomes a titular, o Everton não era dado como absoluto favorito, sobretudo devido às quatro derrotas nas jornadas antecedentes, com Burnley, Manchester City, Sheffield United e Bournemouth.

O jogo deste sábado acabou por ser um balão de oxigénio para a equipa da cidade de Liverpool, depois de marcar cedo, num lance todo ele inventado por Bernard, que se desenvencilhou de vários adversários, para marcar com pouco ângulo, aos 17 minutos. Já nos descontos, aos 90+2, Sigurdsson rematou de fora da área, já depois de tirar um adversário do caminho na meia-lua e fez o 2-0.

Com a jornada cumprida, o Leicester, com Ricardo Pereira a titular, subiu provisoriamente ao terceiro lugar, depois de vencer em casa o Burnley (2-1), e o Chelsea, que tem os mesmos 17 pontos, triunfou pela margem mínima diante do Newcastle (1-0).

A época continua a correr mal para o habitual candidato ao título e vice-campeão europeu Tottenham, que este sábado somou o terceiro jogo consecutivo sem vencer -- na Liga tem três empates e três derrotas em nove jogos. Os spurs recebiam o 20.º e último classificado, o Watford, e mesmo assim não conseguiram mais do que um empate: Doucoure adiantou os visitantes, aos seis minutos, e Dele Ali evitou a derrota dos londrinos, já aos 86.

O Wolverhampton, também a realizar um campeonato aquém do que fez na última época, em que foi sétimo, empatou na receção ao Southampton (1-1), nesta nona jornada da Premier League.

Um erro do defesa, numa má abordagem à bola, deixou Ings com caminho aberto para bater Rui Patrício, aos 53 minutos, num jogo em que Raul Jiménez empatou aos 61 e evitou males maiores para a equipa de Nuno Espírito Santo.

Nos Wolves, adversários do Sporting de Braga na Liga Europa, além de Patrício, Ruben Neves e João Moutinho, foram titulares, e Diogo Jota entrou aos 62, enquanto no Southampton Cédric Soares nem convocado foi, devido a lesão do defesa luso.

Manchester City regressa às vitórias

O Manchester City voltou aos triunfos e recuperou a vice-liderança na Liga inglesa, ao vencer fora o Crystal Palace, por 2-0, no jogo que fechou os duelos de sábado na Premier League.

Antes da paragem para as seleções, a equipa de Pep Guardiola, e também de João Cancelo e Bernardo Silva, perdeu em casa com o Wolverhampton, e atrasou-se ainda mais para o líder Liverpool, totalmente vitorioso em oito jogos.

Este sábado, com os dois internacionais portugueses em campo, foi o regresso à normalidade dos citizens e, no espaço de dois minutos, chegou ao triunfo: Bernardo Silva cruzou para o 1-0 de Gabriel Jesus, aos 39 minutos, e David Silva, assistido por Sterling, fez o 2-0, aos 41.

Os campeões ingleses têm mais um jogo, depois de já este sábado terem disputado a nona jornada, e seguem a cinco pontos do Liverpool, que no domingo visita o também histórico Manchester United, afundado no 14.º lugar, com dois triunfos em oito jogos.