Manchester City vence, sobe à liderança e fica à espera do dérbi de Liverpool

Um golo de Ryad Mahrez permitiu aos citizens vencer em Bournemouth por 1-0. Armada portuguesa do Wolverhampton regressa às vitórias

O Manchester City foi este sábado a Bournemouth vencer por 1-0, em jogo da 29.ª jornada da Premier League, e isolou-se provisoriamente na liderança da Premier League, quando ainda falta disputar o dérbi entre Everton e Liverpool, que se realiza este domingo.

Um golo de Ryad Mahrez aos 55 minutos foi o suficiente para a equipa de Pep Guardiola garantir os três pontos numa partida em que contou com Bernardo Silva a tempo inteiro. Os citizens dominaram por completo a partida, mas pelo segundo jogo consecutivo não conseguiram melhor que um triunfo por 1-0.

O Wolverhampton, treinado por Nuno Espírito Santo, regressou às vitórias após três jornadas em que somou dois empates e uma derrota. Sem Rui Patrício na baliza, os Wolves começaram a construir o triunfo graças a um golo de Diogo Jota, a passe de Raúl Jiménez aos 16 minutos, praticamente na jogada a seguir inverteram-se os papéis, com o jogador português a oferecer o 2-0 ao mexicano.

Diogo Jota e Rúben Vinagre foram os únicos portugueses no onze de Nuno Espírito Santo, que no segundo tempo ainda lançou em campo João Moutinho e Ivan Cavaleiro. Já Rúben Neves e Hélder Costa foram suplentes não utilizados. Os Wolves consolidaram assim o sétimo lugar na tabela, com 43 pontos, mais três que o Watford, que recebe o Leicester este domingo.

Quem aproveitou da melhor forma o empate do Arsenal no dérbi com o Tottenham, foi o Manchester United que venceu o Southampton, por 3-2, e subiu ao quarto lugar da Premier League por troca com os gunners.

No entanto, o United não teve tarefa fácil para levar de vencido uma das equipas aflitas na luta pela manutenção, pois o Southampton colocou-se em vantagem aos 26 minutos com um golo de Yann Valery. Só que no início do segundo tempo, já com Diogo Dalot em campo, os red devils deram a volta ao marcador, primeiro com um golo de Andreas Pereira, a passe do defesa português, tendo pouco depois (59') Romelu Lukaku colocado a equipa da casa pela primeira vez em vantagem.

No entanto, aos 75 minutos, James Ward Prowse restabeleceu o empate na partida de Old Trafford, provocando um enorme susto entre os adeptos do Manchester United, que só suspiraram de alívio aos 88 minutos, quando Lukaku marcou o golo que valeu os três pontos e a consequente subida ao quarto lugar.

Jogos da 29.ª jornada da Premier League:

Tottenham-Arsenal, 1-1
Brighton-Huddersfield, 1-0
Bournemouth-Manchester City, 0-1
Manchester United-Southampton, 3-2
Burnley-Crystal Palace, 1-3
Wolverhampton-Cardiff, 2-0
West Ham-Newcastle, às 17.30

Este domingo
Watford-Leicester (12.00)
Fulham-Chelsea (14.05)
Everton-Liverpool (16.15)

Confira a classificação

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG