Mais um episódio da incrível maldição do RB Salzburgo

E vão 11 tentativas falhadas. Desde que é propriedade do grupo Red Bull, em 2005, a formação austríaca não consegue chegar à fase de grupos da Liga dos Campeões. Nesta quarta-feira teve tudo nas mãos mas deu-se um golpe de teatro

Parece sina. O DN esteve atento a isso e explicou aos seus leitores que esta quarta-feira podia ser colocado um ponto final numa sina negativa para o RB Salzburgo. Podia, mas não aconteceu

Desde que o grupo Red Bull adquiriu o clube, a hegemonia interna tem sido uma realidade mas tem faltado o mais importante, entrar na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Na noite desta quarta-feira os austríacos sabiam que precisavam apenas de vencer em casa o Estrela Vermelha depois do nulo da primeira mão em Belgrado. E o incrível é que esteve a vencer por 2-0 com um bis do israelita Dabbur. Parecia impossível que a maldição voltasse a ganhar o duelo aos austríacos, contudo, em dois minutos seguidos (65 e 66) o médio francês Ben Nabouhane bisou e deu por encerrado o sonho do RB Salzburgo que terminou o encontro com 26 remates efetuados - contra oito dos sérvios.

No outro encontro, o PSV recebeu e venceu o BATE Borisov por 3-0, confirmando o triunfo por 3-2 obtido na Bielorrússia.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG