Lyon recebe à porta fechada Shakhtar de Paulo Fonseca

Gauleses tinham sido sancionados com dois encontros sem público, um deles suspenso por dois anos, devido a incidentes na receção ao CSKA Moscovo, jogo da época passada da Liga Europa. Recorreram, mas em vão...

O Lyon, do guarda-redes português Anthony Lopes, vai disputar à porta fechada o seu próximo jogo em casa na Liga dos Campeões, depois de a UEFA ter rejeitado um recurso do clube francês, foi esta sexta-feira anunciado.

O clube gaulês fora condenado, a 23 de agosto, a dois jogos europeus à porta fechada, sendo um suspenso por dois anos, na sequência de incidentes no jogo com o CSKA Moscovo, em 15 de março, para a Liga Europa. Na mesma ocasião, viu ser-lhe aplicada uma multa de 100 mil euros.

"O apelo apresentado pelo Olympique Lyonnais foi rejeitado e a decisão de 23 de agosto confirmada", refere a UEFA, em comunicado.

O jogo de castigo cumpre-se já na receção ao Shakhtar Donetsk, treinado por Paulo Fonseca, na segunda jornada do Grupo F da Liga dos Campeões, a 2 de outubro.

Na primeira jornada, o Lyon foi a Inglaterra derrotar surpreendentemente o Manchester City por 2-1 ao passo que o Shakhtar não passou do empate, em casa, diante dos alemães do Hoffenheim por 2-2.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG