Leonid Slutsky apontado ao Sporting, mas Vitesse nega contactos

De acordo com a edição online do jornal A Bola, o antigo selecionador da Rússia é o eleito de Frederico Varandas para suceder a José Peseiro no comando dos leões. Em 2015, pelo CSKA, impediu o Sporting de ir à Liga dos Campeões

O sucessor de José Peseiro pode ser o russo Leonid Slutsky, 47 anos, atual treinador do Vitesse, quinto classificado do campeonato holandês. A notícia está a ser avançada pela edição online do jornal A Bola, que garante que a SAD leonina está a tentar acertar com o clube da Holanda a rescisão do treinador, mediante o pagamento de uma verba de 500 mil euros. Mas em declarações à imprensa holandesa, fontes da direção do Vitesse estão a desmentir contactos, garantindo que o treinador vai permanecer no clube. O Vitesse joga este sábado no terreno do PSV Eindhoven.

Slutsky foi um antigo guarda-redes que na sua carreira só representou o Zvezda Gorodishche, tendo abandonado cedo o futebol devido a uma lesão. Em 2000 começou a carreira de treinador no Olimpia Volgogrado, passando depois por emblemas como o Uralan Elista, FC Moscovo e Krylia Sovetov Samara. Em outubro de 2009 foi contratado pelo CSKA Moscovo (pelo clube da capital russa conquistou três ligas da Rússia, três Supertaças da Rússia e três taças da Rússia), e desempenhou depois ao mesmo tempo funções como selecionador da Rússia, substituindo na altura o italiano Fabio Capello. Deixou a seleção do seu país em 2016, após o Europeu, e depois de ter orientado o Hull City na época passada, vinculou-se esta temporada ao Vitesse.

O melhor período da carreira de Slutsky foi nos tempos em que orientou o CSKA Moscovo. Além dos títulos conquistados - três ligas da Rússia, três Supertaças da Rússia e três taças da Rússia -, conseguiu apurar o clube pela primeira (2009) para os quartos de final de final da Liga dos Campeões, onde acabou por ser afastado pelo Inter de Milão que era treinado por José Mourinho.

Na temporada 2012/13, ainda ao serviço do emblema da capital russa, Slutsky conseguiu manter o CSKA durante 15 jogos sem sofrer golos, um recorde do CSKA que ainda perdura.

Na seleção russa, onde chegou depois da saída de Fabio Capello, acumulando durante uns tempos o cargo com o de treinador do CSKA, Slutsky teve sucesso, apurando o país para o Europeu de 2016, realizado em França, vencendo todos os jogos da fase de qualificação.

Uma curiosidade: Leonid Slutsky era o selecionador da Rússia no jogo particular em que a seleção do Leste venceu Portugal por 1-0, em 2015, igualando na altura um feito de Pavel Sadyrin, de cinco jogos consecutivos só com vitórias.

Outra curiosidade: Já como treinador do CSKA Moscovo, Slutsky teve a oportunidade de defrontar o Sporting, no playoff da Champions. Em agosto de 2015. Na primeira mão em Alvalade os leões venceram por 2-1, mas na Rússia o CSKA bateu o Sporting por 3-1 e relegou a equipa então treinada por Jorge Jesus para a Liga Europa.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG