Juventus perde com a Udinese e adia festa do título

A Juventus de Ronaldo precisava de vencer para celebrar o título quando faltam ainda duas jornadas. Até marcou primeiro, mas depois foi surpreendida com dois golos da Udinese.

Um golo de Seko Fofana, aos 92 minutos, permitiu esta quinta-feira a reviravolta da Udinese sobre a líder Juventus (2-1), adiando a conquista do nono título seguido pelos bianconeri, em jogo da 35.ª jornada da Liga italiana de futebol.

O empate do Inter de Milão com a Fiorentina (0-0), na véspera, deixou o conjunto de Turim a um triunfo da celebração e tudo se conjugava para que isso acontecesse, quando o central holandês Matthijs de Ligt inaugurou o marcador, aos 42 minutos, com um remate de fora da área.

Depois de ter concedido o empate, aos 52 minutos, da autoria do macedónio Ilija Nestorovski, a Juventus partiu em busca do golo do triunfo, com o internacional português Cristiano Ronaldo a insistir na procura do 31.º golo na Serie A, mas sem qualquer sucesso nos remates.

Quando tudo apontava para uma igualdade em Udine, a formação da casa aproveitou algum balanceamento ofensivo da 'Velha Senhora' e operou a reviravolta em tempo de compensação, na sequência de uma jogada do costa-marfinense Seko Fofana.

Com apenas uma vitória nos últimos cinco jogos, a Juventus continua a ter 'uma mão' no título, somando 80 pontos, mais seis do que a Atalanta, segunda colocada, e mais sete face ao Inter, terceiro, quando faltam três rondas para o final.

Já Udinese, na 15.ª posição, ficou sete pontos acima da 'linha de água' e poderá garantir matematicamente a manutenção na próxima jornada, caso vença a Sampdoria.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG