Manchester United sem planos para despedir Mourinho

O lugar do treinador do Manchester United não está ameaçado por enquanto, indicaram fontes do clube inglês de futebol, citadas pela agência de notícias britânica Press Association (PA).

A posição transmitida por dirigentes do United vem na sequência de uma noticia do jornal britânico Daily Mirror, que, também citando fontes do clube, noticiou que a demissão do treinador português estaria iminente e deveria ser oficializada após a partida deste sábado frente ao Newcastle (17.30), independentemente do resultado.

Em 10.° lugar no campeonato inglês, com apenas 10 pontos, o Manchester United está a realizar o pior arranque de temporada desde 1989.

Recentemente, o técnico português negou que o seu lugar de treinador do Manchester United estivesse 'por um fio'. Questionado sobre se o seu futuro como técnico dos 'diabos vermelhos' está em risco devido aos maus resultados, Mourinho vincou que está a trabalhar para inverter a situação. "Sabemos que a situação não é a melhor, mas o que posso dizer é que estamos a fazer de tudo para obtermos melhores resultados", afirmou José Mourinho.

O técnico luso, campeão europeu ao comando do FC Porto (2003/04) e do Inter de Milão (2009/10), recusou responder se falou recentemente com o presidente sobre a sua posição no clube, classificando-o como um "assunto privado".

Mourinho disse também não acreditar que algum dos seus jogadores tenha facilitado e pediu aos jornalistas para perguntarem a qualquer futebolista, com "boa reputação", se alguma vez não se esforçaram durante os encontros. "Se alguém me disser alguma vez que 'eu não dei o melhor de mim em campo', então eu mudarei de ideias", respondeu o técnico luso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG