José Mota e a Supertaça: "Temos uma oportunidade que talvez nunca mais teremos na vida"

O técnico do Desportivo das Aves diz que o FC Porto é claramente favorito para o jogo deste sábado, em Aveiro, mas promete complicar a vida aos dragões

José Mota, treinador do Desportivo das Aves, lançou esta sexta-feira em conferência de imprensa o jogo da Supertaça Cândido de Oliveira, agendado para este sábado, às 20.45. no Estádio Municipal de Aveiro.

Aqu ficam as frases mais fortes do treinador do Desportivo das Aves:

"A presença nesta Supertaça é fruto do trabalho que foi desenvolvido pelo Aves na época passada, mas o que pretendemos é estar sempre integrados neste tipo de jogos. A conquista da Taça de Portugal foi um feito extraordinário para o Aves, deu-nos acesso a esta supertaça e estes são os momentos que nós pretendemos viver ao longo da nossa carreira. Quero ter muito mais. Como treinador que desejo é ter muitos desafios como esta Supertaça."

"Estamos aqui por direito próprio e pretendemos dignificar não só o clube, mas também todo o nosso elenco, jogadores, técnicos e massa associativa que nos tem ajudado. E vamos tentar fazer desta Supertaça um momento único. Temos uma oportunidade que talvez nunca mais teremos na vida."

"É a primeira Supertaça que vou disputar na minha carreira e por isso tenho consciência que tenho de agarrar esta oportunidade com todas as forças para a tentar conquistar. Com certeza será difícil porque o adversário é o campeão nacional, mas tenho que fazer tudo o que estiver ao meu alcance para conseguir um bom resultado, que passa pela vitória"

"Percebemos as diferenças entre os dois clubes. Se falarmos com o povo português, o FC Porto é 90% ou 95% favorito para esta final. É um otimismo normal, mas nós estamos aqui para criar situações que não são normais."

"Pretendemos em vários momentos do jogo ser uma equipa com capacidade, tranquila. A maior parte das pessoas que aqui estão nunca jogou uma Supertaça, mas somos homens de oportunidades. Há que saber aproveitar estes momentos, tentar contrariar a ideia de favoritismo do FC Porto."

"Em termos de concentração, entrega e motivação, os jogadores estão no máximo. A minha motivação está presente nos jogadores. Há que saber aproveitar, demonstrar que somos uma verdadeira equipa e temos capacidade para proporcionar um bom espetáculo."

"Vencemos o Santa Clara e estamos na fase de grupos da Taça da Liga. Este é o segundo objetivo. No campeonato, não é por termos vencido a Taça que teremos facilidades, pelo contrário, o nosso objetivo é a manutenção."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG