Jonas afinal vai jogar no Al-Hilal de... Jorge Jesus

O avançado brasileiro do Benfica estava em negociações adiantadas com o Al-Nassr, da Arábia Saudita. Mas Jesus conseguiu convencer o presidente do Al-Hilal a contratá-lo

Jonas vai ser jogador do Al-Hilal, clube saudita treinado por... Jorge Jesus. Segundo o DN apurou, o avançado benfiquista, de 34 anos, que estava a negociar com o Al-Nassr, clube rival do Al-Hilal, acertou as condições da transferência esta tarde, depois de ter sido desviado por Jorge Jesus, que o treinou nos tempos em que ambos coabitaram na Luz.

De acordo com o que o DN apurou, quando soube que o clube rival ia pagar uma quantia próxima dos cinco milhões de euros ao Benfica pela transferência, o técnico português fez pressão junto do presidente do Al-Hilal para contratar o avançado brasileiro. E conseguiu, levando mesmo o líder do emblema saudita a quebrar uma regra: a de não contratar jogadores com mais de 29 anos.

Jonas vai assim terminar a sua ligação de quatro temporadas ao Benfica e voltar a trabalhar com Jorge Jesus, treinador que o orientou na sua primeira temporada na Luz, na qual marcou um total de 31 golos em 35 jogos e foi decisivo na conquista do título.

Numa entrevista concedida à SIC, há uma semana, Jesus tinha falado sobre Jonas, mas na altura não acreditava que o brasileiro iria deixar o Benfica: "O Jonas é um grande jogador e os grandes jogadores não saem dos clubes grandes. Na minha opinião não há essa possibilidade." Afinal Jonas vai mesmo sair e voltar a trabalhar com o treinador com o qual venceu o primeiro título de campeão em Portugal.

Jonas será o segundo jogador ligado contratualmente ao Benfica a rumar este verão ao Al-Hilal, depois do peruano André Carrillo, que assinou um contrato de empréstimo válido até ao final da época.

O avançado brasileiro, apesar de ter mais um ano de contrato com o Benfica, acertou a sua saída da Luz na última sexta-feira, após uma reunião com o presidente Luís Filipe Vieira.

Em agosto de 2015, Jonas e Jorge jesus pegaram-se num jogo entre o Benfica e o Sporting, relativo à Supertaça Cândido de Oliveira, que os leões venceram por 1-0. O treinador entrou no relvado a festejar e tocou no brasileiro, que não gostou e irritou-se. No final do jogo, porém, Jesus desvalorizou o incidente. "O Jonas ia a correr e eu toquei-lhe no braço, assim como que a dizer onde é que vais, pá? Depois juntaram-se ali os treinadores do Benfica... Mas está tudo bem, já falei com ele, cumprimentei-o e estou-lhe grato, como estou a todos os jogadores do Benfica", referiu na altura Jorge Jesus.

Exclusivos