Neymar agride adepto após derrota do PSG na Taça de França

Futebolista brasileiro não gostou de palavras dirigidas pelo adepto e deu-lhe um murro.

O Paris-Saint Germain tinha acabado de ser derrotado na final da Taça de França por Rennes e os jogadores da equipa vencida subiam para a tribuna para receberem a medalha. Foi nessa altura que Neymar terá escutado palavras menos simpáticas de um adepto e partiu para o confronto físico. Há imagens que mostram o brasileiro e dar um murro no adepto e logo seguir o seu caminho em direção à tribuna do Stade de France.

O avançado regressou no sábado à equipa, após uma ausência por lesão, e até teve uma participação importante no jogo, com uma assistência e um golo. O PSG acabou por perder no desempate por grandes penalidades (6-5) após um empate 2-2. O incidente com o adepto do Rennes aconteceu no final e Neymar já comentou a situação. O brasileiro diz que foi provocado, o que é confirmado por outros jogadores da equipa de Paris que revelaram alguns dos insultos ouvidos: "Buffon és um retardado", "Kurzawa não quero teus cumprimentos", "Verratti racista", "Neymar seu puto, aprende a jogar futebol".

Ao cruzar-se na bancada, Neymar empurrou a mão do adepto e depois deu-lhe um soco. "Se estive mal? Estive. Mas ninguém tem sangue de barata", disse o brasileiro que teve em sua defesa o seu assessor de imagem. Alex Bernardo afirmou que o adepto do Rennes provocou vários jogadores do PSG, mas apenas Neymar respondeu. "Não vou discutir se é a maneira mais correta de resolver o assunto. Mas que foi merecido, foi", disse.

Após este incidente, Neymar teve mais declarações polémicas ao criticar companheiros de equipa, sobretudo os mais novos jogadores do PSG. "Tem que ser mais homem dentro do vestiário, mais unido, todo mundo correr. O que eu vejo ali, tem muito jovem que é um pouco... não digo perdido. Mas falta mais ouvidos do que a própria boca", disse aos jornalistas.

Exclusivos