Liverpool e Chelsea lutam pela Supertaça Europeia 100% inglesa

Reds e blues jogam na quarta-feira, a partir das 20.00, em Istambul.

Liverpool, campeão europeu, e Chelsea, vencedor da Liga Europa, vão discutir mais uma final exclusivamente inglesa e procurar resgatar a Supertaça Europeia de futebol, que tem sido dominada pelas equipas espanholas na última década. A 44.ª edição da Supertaça Europeia joga-se na quarta-feira, em Istambul, com reds e blues a discutirem a sucessão ao Atlético de Madrid, detentor do troféu arrecadado no ano passado, com uma vitória sobre o Real Madrid, por 4-2.

O Liverpool procura um quarto troféu, depois das conquistas de 1977, 2001 e 2005, perante Hamburgo, Bayern Munique e CSKA Moscovo, respetivamente, tendo ainda registado dois desaires, em 1978, com os belgas do Anderlecht, e 1984, ante os italianos da Juventus. Por seu lado, o Chelsea tentará repetir o único triunfo na prova, alcançado em 1998, diante do então vencedor da Liga dos Campeões, Real Madrid. O golo do uruguaio Gustavo Poyet foi suficiente para garantir a vitória por 1-0 dos londrinos, que, posteriormente, perderam a Supertaça Europeia em dois anos seguidos, para Atlético de Madrid (2012) e Bayern Munique (2013), neste último sob o comando de José Mourinho.

O Liverpool, liderado pelo alemão Jurgen Klopp, chega à Supertaça com o estatuto de campeão europeu, graças à vitória por 2-0 sobre o Tottenham, na final da última edição da 'Champions', que teve lugar em Madrid. Este será o segundo troféu que o vice-campeão inglês vai disputar neste arranque de época, depois de ter perdido a Community Shield, a supertaça daquele país, para o campeão Manchester City, no desempate por grandes penalidades.

Em vésperas do duelo em Istambul, os reds estrearam-se na Premier League com uma vitória folgada sobre o recém-promovido Norwich, por 4-1, mas ficaram sem uma das principais figuras. O guarda-redes Alisson Becker saiu lesionado no decorrer da primeira parte e Klopp já revelou que o internacional brasileiro está fora do embate de quarta-feira.

Já o Chelsea - que inicia a temporada com um novo timoneiro, o ex-jogador do clube Frank Lampard, que substituiu o italiano Maurizio Sarri - ergueu a taça da Liga Europa, em Baku, no Azerbaijão, em nova decisão exclusivamente inglesa, diante do Arsenal, que terminou com triunfo dos blues por 4-1. Ao contrário do Liverpool, os londrinos entraram na Premier League da pior forma, ao serem goleados em Old Trafford, pelo Manchester United, por 4-0.

Certo é que a 44.ª Supertaça Europeia será levantada por uma equipa inglesa, algo que apenas sucedeu em sete ocasiões. Além das três conquistas do Liverpool e do triunfo do Chelsea, também Nottingham Forest (1979), Aston Villa (1982) e Manchester United (1991) ergueram a taça.

De resto, na última década, o domínio espanhol acentuou-se, sendo que, neste período, apenas houve um vencedor de outro de país, o Bayern Munique, em 2013. As restantes nove edições dos últimos 10 anos foram repartidas de igual forma pelos três 'gigantes' de Espanha, FC Barcelona (2009, 2011 e 2015), Atlético de Madrid (2010, 2012 e 2018) e Real Madrid (2014, 2016 e 2017).

Exclusivos