Hassan muda-se do Sp. Braga para o Olympiacos

Avançado egípcio de 25 anos estava ligado aos bracarenses até 2020 mas vai reforçar o clube grego onde vai ser orientado por Pedro Martins e colega de Daniel Podence e Roderick Miranda

O internacional egípcio Ahmed Hassan está, sabe o DN, prestes a deixar o Sporting de Braga para se vincular aos gregos do Olympiacos, que na próxima época vai tentar, sob a orientação de Pedro Martins, ​​​​​​​reconquistar o título grego.

Hassan cumpriu três temporadas no Sporting de Braga, proveniente do Rio Ave, depois de ter sido anunciado como reforço do Benfica. Contudo, a transferência para a Luz abortou devido a uma alegada anomalia cardíaca, detetada nos exames médicos, e Hassan regressou a Vila do Conde, mas apenas por duas jornadas. Depois assinou pelo Sporting de Braga, clube pelo qual conquistou uma Taça de Portugal, o único troféu do seu palmarés.

A última temporada de Hassan não foi muito feliz (seis golos em 34 encontros) e isso valeu-lhe a ausência no Mundial 2018. Agora, na Grécia, vai tentar relançar a carreira, e terá como colegas os portugueses Daniel Podence e Roderick Miranda, também eles contratados este defeso.

Ler mais

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.