Gudelj chegou e prometeu "dar tudo pela camisola do Sporting"

O médio sérvio será jogador dos leões por empréstimo dos chineses do Guangzhou Evergrande

Nemanja Gudelj chegou esta quinta-feira a Lisboa para fazer exames médicos e ser apresentado como jogador do Sporting por empréstimo dos chineses do Guangzhou Evergrande até final da época.

À chegada ao aeroporto Humberto Delgado o médio internacional sérvio disse estar "muito feliz" e deixou o desejo de "ser campeão".

"O Sporting é um grande clube com grande nome na Europa, sempre com o objetivo de estar na Liga dos Campeões, de estar mais acima no ranking e querem ser campeões", acrescentou Gudelj, revelando que falou com o ex-benfiquista Anderson Talisca e o ex-portista Jackson Martínez quando recebeu a proposta leonina. "Eles falaram-me bem do país e do clube, mas, mesmo antes disso, já sabia que o Sporting era um grande clube e que era o passo certo para mim", frisou.

Gudelj disse ainda que prefere "jogar como número 8", mas deixou a certeza de que "se o treinador quiser" pode jogar como médio mais defensivo. Apesar de não jogar há algum tempo, o que levou o médio a dizer que não está a 100%, deixou a garantia de que irá "atingir rapidamente a melhor condição física".

Ler mais

Premium

João Almeida Moreira

Bolsonaro, curiosidade ou fúria

Perante um fenómeno que nos pareça ultrajante podemos ter uma de duas atitudes: ficar furiosos ou curiosos. Como a fúria é o menos produtivo dos sentimentos, optemos por experimentar curiosidade pela ascensão de Jair Bolsonaro, o candidato de extrema-direita do PSL em quem um em cada três eleitores brasileiros vota, segundo sondagem de segunda-feira do banco BTG Pactual e do Instituto FSB, apesar do seu passado (e presente) machista, xenófobo e homofóbico.