Dragões seguram André Pereira até 2021

O avançado de 23 anos renovou com o FC Porto, anunciou o clube em comunicado

"É um sentimento único, fico feliz por ter renovado o meu contrato com o FC Porto. É uma ligação contratual, mas a ligação sentimental estará sempre presente. Para mim é um sonho de menino. É um orgulho poder representar o clube da minha cidade, o clube do meu coração, e é isso que quero continuar a fazer", afirmou o jogador, citado pelo site oficial do FC Porto.

O avançado esteve nos escalões de formação do clube e integra atualmente o plantel principal, depois de um empréstimo ao V. Setúbal na temporada passada.

Esta época foi uma das surpresas nos primeiros jogos oficiais da equipa, aproveitando o castigo imposto pelo técnico Sérgio Conceição a Marega para surgir a titular no ataque dos dragões. André Pereira esteve em quatro jogos: na Supertaça e nas três primeiras jornadas, marcando um golo no jogo em que os portistas perderam com o Vitória de Guimarães (3-2).

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.