Fábio Paím. Antiga esperança do futebol português detido por tráfico de droga

Operação da PSP decorreu em Alcoitão e o ex-atleta terá sido detido "em flagrante delito" pelos agentes, ou seja, estaria a vender droga.

O antigo futebolista internacional Fábio Paím está em prisão preventiva depois de ter sido detido pela PSP na quinta-feira no decorrer de uma operação contra o tráfico de droga.

Na manhã deste sábado a polícia anunciou ter detido na zona de Alcoitão, "em flagrante delito um homem e uma mulher, respetivamente com 31 e 43 anos, pela prática do crime de tráfico de estupefacientes". No comunicado acrescenta-se que ambos tinham "na sua posse várias doses de cocaína e foram intercetados a proceder à compra/venda do referido estupefaciente".

A PSP não identifica o casal, mas o JN adianta que é o ex-futebolista que chegou a ser uma das esperança nacionais da modalidade quando estava nos escalões jovens e que agora será suspeito de integrar uma rede de tráfico.

Os dois detidos foram presentes a um juiz que decretou a prisão preventiva no caso de Paím e o termo de identidade e residência à mulher.

No caso do ex-atleta - que teve um carreira discreta passando pelo Paços de Ferreira, Trofense, Chelsea (nas reservas quando treinador principal era o brasileiro Luiz Felipe Scolari, nos angolanos do 1.º de Agosto e clubes da China, Malta e Lituânia - os agentes cumpriram ainda dois mandados de busca domiciliária e um de busca ao automóvel.

Nesta operação foram apreendidos: 58 doses de cocaína, 870 euros, 3 balanças de precisão, 3 telemóveis, vários cartões SIM, diversos objetos utilizados para o armazenamento e distribuição de droga.

Fábio Paím já esteve por duas vezes envolvidos em processos judiciais - 2012 e 2015 - devido a acusações de violação, mas ambos foram arquivados.

Exclusivos