Conheça as mascotes dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

As duas personagens, de estética futurista e inspiradas no anime, representam, assim, "a tradição e a inovação" do Japão e serão o principal símbolo dos jogos

O comité organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020, que se realizam em Tóquio, apresentou este domingo oficialmente as mascotes olímpicas, denominadas Miraitowa e Someity, numa cerimónia que inicia a contagem decrescente para os eventos.

A apresentação, que contou com a governadora da capital nipónica, Yuriko Koike, e o presidente do comité organizador de Tóquio 2020, Yoshiro Mori, aconteceu no centro da cidade, onde se juntaram centenas de crianças.

O nome de Miraitowa, a mascote azul, dos Jogos Olímpicos, provem da fusão das palavras japonesas futuro e eternidade e "procura trazer esperança aos corações das pessoas de todo o mundo", segundo explicou a organização.

Por seu lado, a mascote rosa, dos Jogo Paralímpicos, deve o seu nome Someity a uma variedade de cerejeiras, árvores muito representativas da cultura japonesa e quer transmitir a sua "fortaleza" aos atletas paralímpicos.

As duas personagens, de estética futurista e inspiradas no anime, representam, assim, "a tradição e a inovação" do Japão e serão o principal símbolo dos jogos.

Em Tóquio, os Jogos Olímpicos realizam-se de 24 de julho a 9 de agosto de 2020 e os Jogos Paralímpicos entre 25 de agosto e 06 de setembro do mesmo ano.

Exclusivos

Premium

Líderes europeus

As divisões da Europa 30 anos após o fim da Cortina de Ferro

Angela Merkel reuniu-se com Viktor Orbán, Emmanuel Macron com Vladimir Putin. Nos próximos dias, um e outro receberão Boris Johnson. E Matteo Salvini tenta assalto ao poder, enquanto alimenta a crise do navio da ONG Open Arms, com 107 migrantes a bordo, com a Espanha de Pedro Sánchez. No meio disto tudo prepara-se a cimeira do G7 em Biarritz. E assinala-se os 30 anos do princípio do fim da Cortina de Ferro.