Benfica já pode contar com Castillo e Jonas em reintegração

O avançado chileno já está recuperado de uma lesão muscular contraída há quase um mês

O chileno Nicolás Castillo já está a trabalhar às ordens do treinador Rui Vitória sem limitações, anunciou esta segunda-feira o Benfica através do seu site oficial.

O avançado, que sofreu uma lesão muscular no decorrer da primeira parte do jogo com o Fenerbahçe, na Turquia, a 14 de agosto, trabalhou a 100%, o mesmo não acontecendo com Jonas, que segundo os encarnados fez trabalho de reintegração progressiva.

Além de Castillo, também o brasileiro Gabriel estará pronto a defrontar o Rio Ave no próximo sábado às 18.00, no Estádio da Luz, em partida a contar para a Taça da Liga.

No treino desta segunda-feira, Rui Vitória contou com seis jogadores da equipa de sub-23, a saber: Vinícius Ferreira, Daniel dos Anjos, Gonçalo Rodrigues, João Ferreira, Edi Semedo e Frimpong.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Ricardo Paes Mamede

A "taxa Robles" e a desqualificação do debate político

A proposta de criação de uma taxa sobre especulação imobiliária, anunciada pelo Bloco de Esquerda (BE) a 9 de setembro, animou os jornais, televisões e redes sociais durante vários dias. Agora que as atenções já se viraram para outras polémicas, vale a pena revistar o debate público sobre a "taxa Robles" e constatar o que ela nos diz sobre a desqualificação da disputa partidária em Portugal nos dias que correm.

Premium

Rosália Amorim

Crédito: teremos aprendido a lição?

Crédito para a habitação, crédito para o carro, crédito para as obras, crédito para as férias, crédito para tudo... Foi assim a vida de muitos portugueses antes da crise, a contrair crédito sobre crédito. Particulares e também os bancos (que facilitaram demais) ficaram com culpas no cartório. A pergunta que vale a pena fazer hoje é se, depois da crise e da intervenção da troika, a realidade terá mudado assim tanto? Parece que não. Hoje não é só o Estado que está sobre-endividado, mas são também os privados, quer as empresas quer os particulares.