Guardiola eleito treinador do ano em Inglaterra

O técnico do Manchester City ficou à frente de Nuno Espírito Santo (Wolverhampton), Jurgen Klopp (Liverpool) e Mauricio Pochettino (Tottenham)

Pep Guardiola foi distinguido esta terça-feira com o prémio de treinador do ano na Premier League. O técnico do Manchester City foi o preferido dos adeptos, através de uma votação online, e de um grupo de especialistas designados pela organização da prova.

O treinador espanhol, que se sagrou bicampeão pelo City, venceu a Taça da Liga e vai disputar no sábado a final da Taça de Inglaterra, superou os outros três nomeados para este prémio entre os quais estava o português Nuno Espírito Santo, que conduziu o Wolverhampton ao 7.º lugar, além do vice-campeão Jurgen Klopp (Liverpool) e Mauricio Pochettino (Tottenham).

"É uma honra receber este prémio. Quero partilhá-lo com os meus jogadores, porque são os verdadeiros artistas, e com a minha equipa técnica, porque lutámos muito contra todos os treinadores, principalmente contra o Jurgen Klopp, um incrível concorrente pelo título", afirmou Guardiola no momento de receber o prémio.

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.