Gala das Quinas: Ronaldo o melhor jogador e Bruno Lage o melhor treinador

Além do avançado português e do treinador do Benfica, o selecionador Fernando Santos recebeu o Prémio Platina e Jesualdo Ferreira o Prémio Prestígio.

A Gala Quinas de Ouro 2019 premiou esta segunda-feira os melhores portugueses e portuguesas do futebol, do futsal e do futebol de praia, que se destacaram durante a temporada passada, numa cerimónia realizada no pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa. A organização do evento foi, uma vez mais, um trabalho conjunto da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF) e do Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF).

CR7, que falava após a atribuição do galardão entregue por 11 crianças, salientou ser um privilégio estar rodeado pelos mais novos e relembrou ainda o Sporting. "Este mundo está tão rápido, com as redes sociais, pela imprensa que têm sido uma selvajaria. Foi um ano extremamente complicado a nível pessoal. Nunca se deixem influenciar pela imprensa. Não deixem que ninguém vos puxe para baixo. Pensem que um dia vão ser alguém na vida. Foi o que fiz. Não posso deixar de referir que o Sporting merece um premiozinho. Para a próxima", disse Cristiano Ronaldo.

Numa cerimónia que atribuiu 20 galardões, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, aquando da entrega de melhor equipa do ano, apontou o foco para a formação encarnada. "Este prémio reconhece a mudança de paradigma iniciado com Rui Vitória e continuado pelo nosso treinador Bruno Lage. O Benfica, pelo campeonato que ganhou, foi efetivamente o melhor e tinha oito jovens do Caixa Futebol Campus. Garantimos à FPF que vamos continuar a apostar nos jovens como temos feito até agora. Dedico este prémio a toda a família benfiquista, que arrastou a equipa para a conquista do título nacional", afirmou.

Outro dos premiados foi Bruno Lage, que recebeu o troféu do melhor treinador do ano, fez uma breve passagem pela sua carreira como treinador, na qual defrontou Fernando Santos e Vítor Oliveira, outros dos nomeados, reconhecendo que saiu derrotado na maioria das vezes que os defrontou. "Para ganhar, temos de perder muito. Ninguém gosta de perder, mas temos de saber perder", retorquiu.

Já Fernando Santos afirmou sentir-se honrado pela atribuição do prémio, destacando Eusébio da Silva Ferreira, Cristiano Ronaldo e o presidente da FPF, Fernando Gomes. "Não sei se mereço esta honra, mas sei que estes jogadores permitiram que isto acontece, em conjunto com o presidente Fernando Gomes, que me convidou para a seleção em 2014. Sem eles, não estaria aqui", disse.

Emocionado com a visualização das imagens aquando da conquista da Liga das Nações, Fernando Santos aproveitou para colocar em evidência a forte ligação emocional entre a equipa nacional e os portugueses. "Estes jogadores levaram Portugal a fazer história do futebol em Portugal e no mundo, ao vencer o Europeu e a Liga das Nações. Este prémio é muito para Portugal. É o resultado da comunhão que se fez sentir nos últimos anos entre os portugueses e a equipa nacional e a equipa nacional com os portugueses", concluiu.

Eis todos os prémios entregues nesta segunda-feira na Gala das Quinas:

Prémio Platina: Fernando Santos

Prémio presidente FPF: Catarina Furtado

Prémio Vasco da Gama: Sporting (futsal), Sp. Braga (futebol de praia) e FC Porto (sub-19)

Prémio Prestígio: Jesualdo Ferreira

Jogador do ano masculino: Cristiano Ronaldo

Jogadora do ano feminina: Jéssica Silva (O. Lyon)

Treinador do ano futebol masculino: Bruno Lage (Benfica)

Treinador do ano futebol feminino: Miguel Santos (Sp. Braga)

Treinador do ano da formação: Mário Silva

Equipa do ano de futebol masculino: Benfica

Equipa do ano de futebol feminino: Benfica

Jogador do ano de futsal masculino: Ricardinho (Inter Movistar)

Jogadora do ano de futsal feminino: Fifó (Benfica)

Treinador do ano futsal masculino: Joel Rocha (Benfica)

Treinador do ano futsal feminino: Luís Conceição (seleção nacional de futsal)

Equipa do ano de futsal masculino: Benfica

Equipa do ano futsal feminino: Benfica

Jogador do ano de futebol de praia: Madjer (Sporting)

Equipa do ano de futebol de praia: Seleção nacional

Onze do Ano - II Liga
Guarda-redes: Ricardo Ribeiro (Paços de Ferreira);
Defesas: Bruno Santos (Paços de Ferreira), Marco Baixinho (Paços de Ferreira), Ricardo (FC Famalicão/Feirense) e Luís Rocha (FC Famalicão/Farense);
Médios: Pathé Ciss (FC Famalicão), Luiz Carlos (Paços de Ferreira) e Pedrinho (Paços de Ferreira);
Avançados: Feliz (FC Famalicão/Feirense), Fabrício Simões (FC Famalicão/Farense) e Pires (Penafiel).

Onze do Ano - Liga Feminina
Guarda-redes: Rute Costa (SC Braga);
Defesas: Ágata Pimenta (SC Braga), Carole Costa (Sporting), Matilde Fidalgo (SC Braga) e Nevena Damjanovic (Sporting);
Médios: Carlyn Baldwin (Sporting), Tatiana Pinto (Sporting) e Vanessa Marques (SC Braga);
Avançadas: Ana Borges (Sporting), Diana Silva (Sporting) e Lúcia Alves (Valadares Gaia).

Onze do Ano - I Liga
Guarda-redes: Iker Casillas (FC Porto);
Defesas: Éder Militão (FC Porto), Rúben Dias (SL Benfica), Alex Telles (FC Porto) e Grimaldo (SL Benfica);
Médios: Danilo Pereira (FC Porto), Pizzi (SL Benfica) e Bruno Fernandes (Sporting CP);
Avançados: Rafa Silva (SL Benfica), Seferovic (SL Benfica) e João Félix (SL Benfica).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG