Fernando Pimenta campeão mundial em K1 5.000 m

Canoísta português amealhou mais um título nos Mundiais de canoagem, na corrida que encerrou a competição que decorreu no Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho

Fernando Pimenta conquistou este domingo a medalha de ouro em K1 5.000 metros nos Mundiais de canoagem, no Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho, na defesa do título conquistado o ano passado em Racice, na República Checa.

Com o apoio do público da casa, o canoísta português desde cedo que se posicionou nos lugares da frente da corrida, tal como o bielorrusso Aleh Yurena, o dinamarquês René Poulsen e o norueguês Eivind Vold. Yurena assumiu a liderança e imprimiu o ritmo, mas com uma distância mínima sobre os concorrentes. Entretanto, o espanhol Javier Hernanz e o alemão Max Hoff juntaram-se ao grupo.

Pimenta entrou na última volta em primeiro lugar, resistiu aos ataques dos adversários, nomeadamente ao de Poulsen, e garantiu a vitória ao completar a distância em 21:42.196. Poulsen foi segundo, com 21:43.723; e Hernanz completou o pódio, com 21:46.565.

Após o final da corrida, o atleta do Benfica festejou a vitória ao mergulhar nas águas de Montemor-o-Velho. "Espero bem ser capa dos jornais. Infelizmente não aconteceu hoje [domingo]. Este título é para as pessoas que estão aqui, que me apoiam no dia-a-dia. O meu treinador [Hélio Lucas] disse-me que era possível, e eu acreditei até ao fim. Tentei deixar Max Hoff para trás, tal como ao atleta bielorrusso. Ainda era capaz de dar mais um pouco nos últimos metros", afirmou aos jornalistas.

"Depois de me dizerem que era praticamente impossível, consegui superar toda a pressão e ser bicampeão do mundo em Portugal. Foi muito especial ter sido em Portugal, perante esta atmosfera fantástica. Acordei meio em êxtase, mas o meu treinador disse para ter calma, que ainda faltava esta final. Estava a sentir-me muito bem durante as últimas três voltas", acrescentou.

Na mesma distância, Fernando Pimenta conquistou anteriormente uma medalha de ouro, três de prata e uma de bronze em Campeonatos de Europa e uma de prata em Jogos Europeus.

Na véspera, tinha prometido "lutar pelos lugares cimeiros", mas "sem pressão". "Vou partir sem pressão, tentando fazer uma grande prova e lutar pelos lugares cimeiros. Será uma final muito difícil, muito dura. Tenho de ter uma boa largada e dar tudo para andar na dianteira do grupo, para depois atacar com tudo na volta final", tinha perspetivado o atleta português.

Este desempenho do canoísta de 29 anos, natural de Ponte de Lima, surge um dia depois de ter conquistado este sábado, pela primeira vez, o título de campeão do mundo de K1 1.000 metros.

Principais medalhas de Fernando Pimenta

Jogos Olímpicos

Prata em K2 1.000 m em 2012

Campeonatos do Mundo

Ouro em K1 1.000 m em 2018

Ouro em K1 5.000 m em 2017

Prata em K1 1.000 m em 2017

Prata em K4 1.000 m em 2014

Prata em K2 500 m em 2014

Bronze em K1 1.000 m em 2015

Campeonatos da Europa

Ouro em K1 1.000 m em 2018

Ouro em K1 1.000 m em 2017

Ouro em K1 1.000 m em 2016

Ouro em K1 5.000 m em 2016

Ouro em K1 1.000 m em 2011

Prata em K1 5.000 m em 2018

Prata em K1 5.000 m em 2017

Prata em K4 1.000 m em 2013

Prata em K1 5.000 m em 2013

Bronze em K1 500 m em 2018

Bronze em K1 5.000 m em 2014

Bronze em K4 1.000 m em 2014

Bronze em K1 1.000 m em 2011

Jogos Europeus

Prata em K1 1.000 m em 2015

Prata em K1 5.000 m em 2015

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG