FC Porto é campeão Europeu Sub-19

Equipa portista treinada por Mário Silva levou a melhor sobre os ingleses do Chelsea na final da Youth League (3-1. É a primeira equipa portuguesa a vencer o troféu da Champions júnior.

O FC Porto é campeão Europeu Sub-19. Equipa portista treinada por Mário Silva levou a melhor sobre os ingleses do Chelsea na final da Youth League (3-1), esta segunda-feira em Nyon. Os jovens dragões vingaram assim a derrota da temporada passada nas meias-finais da competição europeia, diante dos blues. É a primeira equipa portuguesa a vencer o troféu da Champions júnior.

O Chelsea começou a dominar e teve duas excelentes oportunidades para abrir o marcador, mas Gallagher (7') e McCormick (10') não deram a melhor sequência ao trabalho de Tariq Lamptey. Na resposta, os dragões mostraram maior acerto, apesar do desperdício incrível de Fábio Silva, que aos 15 minutos, depois de contornar o guarda-redes do Chelsea atirou fraco para uma baliza deserta. O outro Fábio, Vieira, marcou mesmo passados dois minutos (1-0).

O intervalo chegou com os portistas em vantagem, graças a uma intervenção do guarda-redes Diogo Costa, que ajudou os ingleses a empatar aos 53', através de Daishawn Redan.

Foi nesta altura que a equipa orientada por Mário Silva respondeu à altura do desafio e chegou de novo à vantagem, por intermédio do capitão Diogo Queirós.

Novamente em vantagem o FC Porto aguentou a pressão inglesa e chegou ao terceiro numa jogada quase genial. Aos 74 minutos, Romário Baró assistiu de calcanhar Afonso Sousa e o filho de Ricardo Sousa e neto de António Sousa aproveitou para fazer o 3-1 final.

E assim Diogo Queirós levantou o troféu da Champions júnior. Os dragões sucedem ao Barcelona, vencedor em 2017/18, precisamente numa final frente ao Chelsea.

Pelo caminho ficaram Tottenham, Midtjylland, Hoffenheim e o Chelsea.

Mário Silva: ""Disse-lhes que eram campeões europeus. Eu tive privilégio de estar no FC Porto numa época dourada, ganhei uma Taça UEFA, uma Liga dos Campeões, dois campeonatos, duas Taças de Portugal, e tentei transmitir-lhes que se acreditássemos, trabalhássemos, nos dedicássemos e tivéssemos esperança que ia dar certo, as coisas iam dar (...) Não me posso esquecer do treinador da equipa B, Rui Barros, e o treinador da equipa A, Sérgio Conceição, que foram muito importantes pela forma como me ajudaram a que isto fosse possível. Estamos todos de parabéns e os nossos nomes ficam gravados na história do futebol português, mas principalmente na história do nosso clube."

FICHA DE JOGO

FC PORTO: Diogo Costa; Tomás Esteves, Diogo Queirós, Diogo Leite e Tiago Lopes; Mor Ndiaye e Fábio Vieira (Vítor Ferreira, 71); Ángel Torres, Romário Baró (Gonçalo Borges, 88) e João Mário (Afonso Sousa, 63); Fábio Silva (Boris Enow, 88).

CHELSEA: Ziger; Colley, Gulehi e Maatsen; Lamptey, McEachran, Gilmour, Gallagher e Familio-Castillo; Redan e McCormick.

GOLOS: Fábio Vieira (18'), Redan (53'), Diogo Queirós (55') e Afonso Sousa (75')

Exclusivos