FC Porto critica arbitragem: "Velhos hábitos que é preciso erradicar"

Regulamentos da Federação Portuguesa de Futebol impediram o treinador Sérgio Conceição de falar aos jornalistas, por ter sido expulso

O FC Porto, através da conta do twitter para jornalistas, criticou o trabalho do árbitro no lance que deixou o médio Herrera a sangrar, no lance da falta de Jorge Filipe, que depois acabaria por originar a expulsão de Sérgio Conceição por protestos. "A consequência desta falta clara foi a expulsão do Sérgio Conceição. Até teria piada se não fossem velhos hábitos que é preciso erradicar. As nossas conquistas encontram sempre adversários inesperados, mas assim ainda sabem melhor. Agora é trabalhar para acabar a época como começamos, a celebrar. Viva o FC Porto", podia ler-se na nota emitida pelos dragões

Sérgio Conceição foi expulso durante a segunda parte do jogo frente ao Desp. Aves, que os dragões venceram por 3-1, um resultado que permitiu ao clube conquistar a Supertaça. E por isso não falou aos jornalistas, nem na flash interview, nem conferência de imprensa.

Ao contrário das competições da Liga, as provas organizadas pela Federação Portuguesa de Futebol impedem que um treinador que foi expulso possa falar aos jornalistas em ambas as situações.

Outras reações

Brahimi: "Queremos ganhar e temos que nos habituar a isso. Temos que continuar a trabalhar para chegar a todos os objetivos. Saída? Agora estou a desfrutar do FC Porto e nada mais"

Soares: "Senti um estalo no adutor. Estou feliz pelo título, mas vou ter de fazer exames e ver a gravidade da lesão"

André Pereira: "Sinto que ajudei a equipa e isso é o mais importante"

Alex Telles: "Este título é muito merecido. Só nós sabemos o que trabalhamos diariamente"

Herrera: "Este clube está habituado a isto, a ganhar títulos. Mostrámos que somos fortes, que estamos unidos e que somos uma família"

Corona: "Quando recebi a bola pensei na minha família, Eles dizem-me sempre: tens de chutar. Chuta, chuta. Só recebi e chutei"

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG