Efeito Guardiola dá esperança a Inglaterra

Treinador catalão treinava em Espanha e na Alemanha quando as seleções desses países foram campeãs mundiais, em 2010 e 2014

Pep Guardiola ainda não orientou qualquer seleção, muito menos num campeonato do Mundo, mas o seu efeito nos países em que treina tem feito deles... campeões mundiais.

O técnico dos ingleses do Manchester City orientava o Barcelona quando a Espanha levantou a taça na África do Sul, em 2010, e comandava o Bayern Munique quando a Alemanha se sagrou campeã no Brasil, em 2014. Agora que trabalha em Inglaterra, os adeptos dos três leões esperam que não haja duas sem três.

À procura do segundo título mundial, depois da conquista de 1966, os britânicos já fazem valer o efeito Guardiola na forma de jogar: com uma média de 55% de posse de bola, são a oitava melhor seleção do Mundial 2018 nesse aspeto.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG