E se Klopp não fosse campeão por causa da pandemia? "Teria sido muito duro"

O treinador do Liverpool admitiu ter ficado "preocupado" quando se começou falou no cancelamento da época. Agora suspira de alivio pela retoma, afinal está a duas vitórias de levar o clube ao título 30 anos depois.

Jürgen Klopp admitiu esta sexta-feira que chegou a estar verdadeiramente preocupado com a possibilidade de a Premier League não terminar devido à pandemia de covid-19 e, consequentemente, o Liverpool falhar a conquista de um título que lhe foge há 30 anos.

"Quando ficámos em confinamento não pensei no facto de estarmos perto do título, porque para mim isso não era importante naquele momento. Comecei a ficar preocupado quando as pessoas diziam que a época seria nula e sem efeito. Senti isso fisicamente. Estávamos tão perto! Teria sido muito duro", assumiu o treinador alemão do Liverpool, em conferência de imprensa de antevisão ao dérbi com o Everton, marcado para domingo às 19.00 horas.

"Ficámos muito contentes quando foi decidido que podíamos voltar a jogar", disse Klopp, que está a duas vitórias de devolver o título de campeão ao Liverpool, que neste momento tem 22 pontos de vantagem sobre o Manchester City, atual segundo classificado, quando faltam nove jornadas para o final da Premier League.

"Ainda não somos campeões e temos de jogar para consegui-lo, que é como deve ser no desporto. As próximas semanas vão ser duras, espero que desfrutemos. Precisamos de ter a certeza que conseguimos jogar o nosso melhor futebol", frisou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG