Dupla de nadadoras britânicas fazem coreografia em piscina cheia de lixo (com vídeo)

Medida de consciencialização para o uso do plástico aconteceu na Feira Big Bang Fair em Birmingham e foi um sucesso.

Kate Shortman e Isabelle Thorpe são duas jovens britânicas da natação sincronizada e decidiram chamar a atenção para as consequências do uso do plástico e a poluição dos mares com uma coreografia inovadora, realizada numa piscina cheia de lixo, durante a Feira Big Bang Fair, em Birmingham.

A tarefa não foi fácil. Para realizar a coreografia, Kate e Isabelle tiveram de lutar contra sacos de plástico, garrafas e demais lixo plástico, considerado o grande problema ambiental do século XXI e que já levou a União Europeia por exemplo a tomar medidas e reduzir o consumo de copos e palhas de plástico por exemplo. Ainda na semana passada foi encontrada uma baleia morta com 40 kg de plástico no estômago.

"Tentar fazer a nossa rotina numa piscina cheia de plástico foi muito difícil. Ter as pernas presas nos sacos e bater com a cabeças em garrafas... É realmente difícil ver como as tartarugas e outras espécies marinhas têm de passar por isso", contou Isabelle Thorpe à imprensa inglesa "feliz" por ver a sua geração preocupado com o meio ambiente.

A iniciativa aconteceu há uma semana, mas a repercussão da atitude das nadadoras continua a correr Mundo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG