Direitos televisivos da Bundesliga descem pela primeira vez desde 2002

A Liga alemã assinou contrato de 4,4 mil milhões de euros, válido por quatro anos. Um decréscimo de 240 milhões em relação ao vínculo que termina em 2021.

Os direitos de transmissão televisiva dos jogos da Bundesliga e da 2.Bundesliga para as próximas quarto temporadas foram vendidos pela Liga alemã por 4,4 mil milhões de euros, o que corresponde a 1,1 mil milhões de euros por temporada, repartido por 36 clubes.

Esta negociação já sofreu um impacto negativo causado pela pandemia de covid-19, uma vez o contrato em vigor que termina em 2021 rendeu 4,64 milhões de euros por quatro anos, o que corresponde a uma diminuição de 240 milhões de euros.

Desde 2002 que a Liga alemã batia recordes consecutivos de venda dos direitos de televisão dos seus dois principais campeonatos, sendo este contrato válido entre 2021 e 2025 o primeiro que sofre uma quebra.

As estações de televisão Sky e a DAZN vão manter os direitos dos jogos da liga alemã, embora a DAZN tenha agora adquirido a transmissão dos encontros realizados ao domingo, que anteriormente eram da Sky.

"Não sabemos se esta pequena descida é efeito do coronavírus, mas é um negócio que oferece aos clubes a melhor estabilidade possível nestes tempos de incerteza. Os clubes sabem que estão seguros até 2025", disse o presidente da Liga Alemã de Futebol, Christian Seifert.

A Bundesliga foi o primeiro campeonato dos chamados Big 5 a ser retomado, depois da suspensão devido à pandemia da covid-19, que já provocou mais de 468 mil mortos e infetou quase nove milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG