Danilo sobre Conceição: "O que aconteceu fica entre nós e não temos nada para esclarecer"

Capitão portista falou sobre o incidente com o treinador durante o estágio no Algarve na antevisão do jogo desta quarta-feira diante do Krasnodar

"Não temos que esclarecer. O que aconteceu está entre nós e não temos nada para esclarecer", frisou Danilo Pereira na conferência de imprensa de antevisão do jogo desta quarta-feira diante do Krasnodar (18.00), quando questionado sobre o incidente com Sérgio Conceição durante o estágio de pré-época no Algarve.

Sobre o encontro da primeira mão da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões, o novo capitão portista mostrou-se ambicioso. "Queremos passar esta eliminatória. Vemos este jogo com muita ambição, frente a um adversário difícil. Treinámos para começar em grande forma este desafio. Vemos todos os jogos que temos como sendo para ganhar. Mesmo sendo o primeiro jogo oficial estamos preparados", assumiu o médio internacional português, que assumiu o favoritismo azul e branco: "Pela sua grandeza e por estar sempre presente na Champions, o FC Porto tem de assumir-se como favorito. Mas o Krasnodar é um adversário de respeito. Tem um bom grupo. Vai ser um jogo muito complicado."

Sérgio Conceição não vai estar sentado no banco, por se encontrar a cumprir castigo, mas diz que "não há problema absolutamente nenhum". "Não estarei no banco, o treinador do Krasnodar também não. É sempre melhor estar perto do jogo, mas tenho confiança total na equipa técnica", vincou.

"Sinto a equipa motivada, com ambição muito grande. Temos de olhar para estas pré-eliminatórias com ambição de as passar para estar onde o FC Porto merece estar: na Liga dos Campeões", assumiu o técnico portista, que desvalorizou o maior andamento que o Krasnodar leva: "Eles têm mais três semanas de trabalho e quatro jogos oficiais já feitos. Mas quando o árbitro apitar esse tipo de situações poderão não se notar."

Sobre entradas e saídas no plantel, Sérgio Conceição disse contar com Marega, assim como com Aboubakar e Diogo Leite durante "todo o ano". Já Diogo Queirós, o técnico assumiu que o FC Porto vai procurar "a melhor solução" para o central. "O plantel dá garantias, é um plantel competitivo. Nos últimos 10 anos, os últimos dois foram os que o FC Porto fez mais pontos: 88 e 85", rematou.

Exclusivos