Ronaldo expulso em Valência sai do campo a chorar

Jogador português da Juventus nunca tinha visto um cartão vermelho em 153 jogos na Liga dos Campeões.

Cristiano Ronaldo não começou a Liga dos Campeões da melhor maneira. O português da Juventus foi expulso aos 30 minutos do jogo com o Valência, depois de um lance dividido com Murillo, que o árbitro parece ter interpretado como agressão. Segundo a imprensa espanhola, o português deixou o relvado do Mestalla a chorar e a dizer: "Eu não fiz nada..."

Esta foi a primeira vez que viu um cartão vermelho direto em 154 jogos na prova rainha da UEFA e a 11.ª da carreira (4 pelo Manchester United, 6 pelo Real Madrid e uma pela Juventus).

Ronaldo deixou assim a Juve reduzida a dez jogadores no Mestalla. A decisão de Brych - o árbitro alemão considerou, após conferenciar com o árbitro auxiliar, que Ronaldo agrediu Murillo - foi muito contestada por parte dos jogadores da Juventus e também pelo português, que não escondeu a frustração. "Eu não fiz nada", afirmou o jogador português, que acabou por abandonar o relvado em lágrimas.

Para já o melhor jogador do Mundo falha a receção ao Young Boys. No entanto, como viu o cartão vermelho direto, o português deve apanhar dois ou três jogos, caso o árbitro escreva no relatório que se deveu a uma agressão. Algo que a Juve e o jogador deverão contestar junto do Comité de Apelo da UEFA.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG