Cinco finais e recordes pessoais são a meta nos Europeus de piscina curta

Ana Monteiro, Diana Durães, Raquel Gomes Pereira, Tamila Holub, Victoria Kaminskaya, Alexandre Amorim, Aléxis Santos, Diogo Carvalho, Francisco Quintas, José Paulo Lopes e Miguel Nascimento são os nadadores convocados.

A presença em cinco finais, dez classificações entre os 16 primeiros e o estabelecimento de recordes pessoais são os objetivos traçados pelo Diretor Técnico Nacional para a participação portuguesa nos Europeus de piscina curta, que começam na quarta-feira. "As expectativas são as de que todos consigam estabelecer os seus recordes pessoais. À partida, se isso acontecer, temos a perspetiva de participar em cinco finais e ter dez classificações dentro dos 16 primeiros", apontou José Machado, em declarações à agência Lusa.

O Diretor Técnico Nacional acredita que, "de uma maneira geral", seja possível haver representação lusa nas finais das "provas masculinas de estilos, nas provas femininas de 200 metros mariposa, 400 e 800 livres" dos Europeus de piscina curta, que decorrem entre 4 e 8 de dezembro, no centro internacional de natação Tollcross, em Glasgow, Escócia.

"São aquelas que poderão ter a maior perspetiva de participação nas finais. Poderá haver uma ou outra prova que seja, digamos, uma surpresa, mas à partida é mais pensando nessas provas que pensamos nessa possibilidade", completou.

José Machado notou ainda que se a grande maioria dos nadadores presentes conseguir estabelecer recordes pessoais, essas marcas vão coincidir, "quase por inerência", com os recordes nacionais, uma vez que a maioria dos convocados são já os detentores dos mínimos dessas mesmas distâncias.

A pouco mais de sete meses dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o responsável técnico da Federação Portuguesa de Natação considerou os Europeus de Glasgow como o segundo momento mais importante para os nadadores envolvidos na preparação para Tóquio2020. "Atendendo que o grande objetivo de época são os Jogos Olímpicos, e atendendo ao afastamento entre os dois momentos, acreditamos que é possível que os nadadores portugueses se consigam apresentar num bom momento de forma neste Europeu, sem que isso tenha qualquer implicação com a preparação que têm conduzido para os Jogos", avaliou.

Segundo José Machado, o mesmo já "não é tão verdade no que refere ao Campeonato da Europa de piscina longa", devido à sua proximidade com Tóquio2020 - os Europeus são em maio e os Olímpicos em julho.

"Pode acontecer que, para alguns nadadores, o facto de estarem a apontar especificamente para os Jogos Olímpicos possa ter alguma interferência nessa participação [nos Europeus de piscina longa]. Digamos que estes Europeus [de Glasgow] poderão funcionar como uma fase preparatória para Tóquio. Estes aqui não têm qualquer ligação e, por isso, e depois de consultarmos previamente os treinadores dos nadadores que estão nessa situação, foi unânime que iriam fazer o momento de forma normal para esta época de inverno e depois, então, virar as atenções para os Jogos", detalhou.

Com o momento mais importante da vida de um atleta ao virar da esquina, o responsável federativo não esconde que a proximidade dos Jogos Olímpicos traz junto "algum acréscimo de ansiedade", apontando como objetivo primordial conseguir que os nadadores possam focar-se "o mais possível" na preparação e menos "no produto, que neste caso vai ser o resultado" que estes vão obter na capital nipónica.

"A tentativa é que se consiga, na medida do possível, cumprir o processo de preparação desenhado em conjunto com os treinadores dos atletas e, depois, ter esperança que essa preparação decorra dentro da normalidade para que o nadador se consiga apresentar na melhor forma, que esperamos que seja a melhor destes últimos quatro anos. É esse o objetivo até aos Jogos", pontuou.

Ana Monteiro, Diana Durães, Raquel Gomes Pereira, Tamila Holub, Victoria Kaminskaya, Alexandre Amorim, Aléxis Santos, Diogo Carvalho, Francisco Quintas, José Paulo Lopes e Miguel Nascimento são os nadadores convocados.

Lista de nadadores, clubes e provas:

Ana Monteiro, Clube Fluvial Vilacondense, 100Mariposa, 200Mariposa

Diana Durães, Benfica, 200Livres, 400Livres, 800Livres

Raquel Gomes Pereira, Algés e Dafundo, 100Bruços, 200Bruços, 100Estilos, 200Estilos

Tamila Holub, Braga, 400Livres, 800Livres

Victoria Kaminskaya, Benfica, 100Bruços, 200Bruços, 200Estilos

Alexandre Amorim, FC Porto, 50Bruços, 100Bruços

Aléxis Santos, Sporting, 100Estilos, 200Estilos

Diogo Carvalho, Galitos, 200Mariposa, 100Estilos, 200Estilos

Francisco Quintas, Belenenses, 50Bruços, 100Bruços, 200Bruços

José Paulo Lopes, Braga, 400Livres, 1500Livres, 200Estilos, 400Estilos

Miguel Nascimento, Benfica, 50Livres, 100Livres, 200Livres

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG