Chuva de peluches no intervalo do Bétis-Eibar

Adeptos aderiram a iniciativa solidária que pedia para cada adepto trazer um peluche para o encontro. As quase 50 mil pessoas presentes no jogo começaram a atirar os brinquedos para o relvado logo após o apito do árbitro

O jogo deste sábado entre Bétis e Eibar, que teve William Carvalho e Paulo Oliveira, acabou empatado a um golo. No entanto, o encontro, realizado em Sevilha, fica marcado por uma ação solidária que fez com que ao intervalo o relvado fosse inundado... por peluches.

Mal o árbitro apitou para o descanso, começaram a chover peluches de todos os quadrantes do estádio Benito Villamarín para dentro do relvado. A iniciativa, de cariz solidário para com pessoas, e sobretudo crianças desfavorecidas era simples: foi pedido a cada adepto que trouxesse um peluche para o jogo.

Foram quase 50 mil pessoas a assistir ao jogo e, a julgar pelas imagens, a adesão à iniciativa, em plena época natalícia, foi um sucesso.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG