Castaignos deixa o Sporting. Clube poupa milhares de euros em salários

Holandês rescindiu com o clube leonino. Futuro do avançado pode passar pela Suíça para jogar no Sion, na próxima época.

O Sporting chegou a acordo com Castaignos para a rescisão de contrato. O clube anunciou o fim da ligação ao holandês no Twitter esta terça-feira. É terceira saída em menos de uma semana, depois de Montero e Nani, que rescindiram para ir para os EUA.

O jogador de 26 anos não era opção para Keizer e estava afastado do grupo leonino, mas era um dos mais bem pagos do plantel. Estava em final de contrato e, por isso, a rescisão é apenas um antecipar do fim do contrato e uma poupança de alguns milhares de euros, visto que o holandês auferia 1, 3 milhões de euros em Alvalade.

O avançado despediu-se sem qualquer golo em jogos oficiais pelos leões, entre 17 jogos realizados em duas épocas (2016/17 e 2018/19). Na temporada passada esteve cedido ao Vitesse e apontou três golos em 36 jogos na equipa holandesa. No fim do mercado, o holandês esteve perto do Aris de Salónica (Grécia), mas rejeitou a possibilidade de se transferir. Agora deve juntar-se ao Sion, na Suíça.

Para a história fica o poker do holandês no jogo treino com o Torreense na pré-época. Nessa partida o holandês fez quatro golos no triunfo leonino (4-2) ainda sob o comando de José Peseiro.

Assim, no prazo de uma semana o Sporting deixou sair em definitivo três jogadores do ataque: Montero, Nani e Castaignos.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG