Bruno Lage: "Lamento termos falhado as duas ou três oportunidades que tivemos"

O treinador do Benfica lamentou a falta de dinâmica ofensiva da sua equipa e as demasiadas paragens no jogo, acabando por virar atenções para o campeonato

Bruno Lage, treinador do Benfica, lamentou o facto de a sua equipa não ter marcado o seu golo e explicou a derrota com a "falta de dinâmica ofensiva".

"No conjunto das duas mãos fomos a melhor equipa, mas sofremos o tal golo que nos impede de ir à final e, além disso, não conseguimos marcar o nosso", explicou o técnico dos encarnados, lamentando a fraca qualidade do dérbi: "Não foi um jogo bem jogado. A partida teve muitas paragens, sobretudo quando tínhamos bola e tentávamos sair. Não tivemos dinâmica ofensiva. Gosto de grandes jogos, independentemente do resultado, como foi a meia-final da Taça da Liga com o FC Porto, mas isso hoje não aconteceu."

"Não conseguimos ter uma circulação de bola eficaz e lamento termos falhado as duas ou três oportunidades que tivemos", acrescentou Bruno Lage.

"O Sporting tentou ter largura no jogo, condicionando a nossa fase de construção, mas não tivemos capacidade de procurar o espaço interior quando do outro lado estavam apenas dois médios e atacar a defesa do Sporting. O jogo não nos permitiu ter um jogo mais feliz", assumiu.

Questionado sobre o facto de ter perdido o sonho de estar na final da Taça de Portugal, Bruno Lage deixou claro que o Benfica tem mais objetivos. "Os sonhos continuam. Já no próximo domingo jogamos para o maior sonho de todos, que é a conquista do campeonato nacional. E temos já uma final com o Feirense", sublinhou.

Sobre o facto de Bruno Fernandes ter sido decisivo nos dois jogos das meias-finais. "Sim, acaba por marcar o golo na Luz e aqui, mas o que também fez a diferença foram as oportunidades que falhamos nos dois jogos. Ainda hoje, duas pelo Seferovic e outra pelo Jonas", acrescentou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG