Bernardo abre caminho para a vitória no dérbi de Manchester. Wolves bate Arsenal

Golo do internacional português abriu o ativo na vitória do Manchester City em Old Trafford (0-2) e deixa a equipa de Pep Guardiola mais perto do título. Rúben Neves e Diogo Jota marcam aos gunners

O dérbi de Manchester era considerada a última grande oportunidade para o City perder pontos na caminhada para o título, mas os homens de Pep Guardiola foram a Old Trafford, casa do vizinho United, vencer por 2-0 e assim voltar à liderança da liga inglesa, com três jornadas por disputar.

Depois de uma primeira parte sem golos, Bernardo Silva abriu o ativo aos 54 minutos, através de um remate de pé esquerdo. Aos 66', Leroy Sané fez o segundo.

Na liderança do campeonato com mais um ponto do que o Liverpool, os citizens ainda vão defrontar o tranquilo Burnley (fora), o candidato a vaga europeia Leicester (casa) e o aflito Brighton (fora). Os reds recebem o já despromovido Huddersfield, visitam o tranquilo Newcastle e terminam o campeonato com uma receção ao aspirante europeu Wolverhampton.

Entretanto, também esta quarta-feira, os Wolves receberam e venceram o Arsenal por 3-1. Rúben Neves inaugurou o marcador através de um belíssimo golo de livre direto (28') e Doherty (37') e Diogo Jota (45') dilataram em vantagem antes do intervalo. Na ponta final do desafio, Sokratis reduziu (80').

A equipa de Nuno Espírito Santo, que também utilizou os portugueses Rui Patrício, João Moutinho e Ivan Cavaleiro, subiu assim ao 7.º lugar, que pode dar acesso à Liga Europa se o Watford não ganhar a Taça de Inglaterra.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG