Berlusconi regressa ao futebol com a compra do Monza, da Série C

O antigo chefe do governo italiano Silvio Berlusconi, que foi presidente do AC Milan durante 31 anos, anunciou a aquisição do clube pela sua 'holding' Fininvest.

"A Fininvest S.p.A. concluiu hoje a aquisição de 100% das ações do clube SS Monza 1912", refere esta sexta-feira, em comunicado, a 'holding', que acrescenta que Adriano Galliani, braço direito de Silvio Berlusconi no AC Milan, foi nomeado diretor administrativo do clube.

Menos de 18 meses após vender o AC Milan, a 'holding' familiar de Berlusconi, a Fininvest, adquiriu o Monza, da Série C, através de um acordo que vale entre 2,5 e 3 milhões de euros.

Berlusconi, de 81 anos, três vezes primeiro-ministro italiano, vendeu o AC Milan a um consórcio chinês, em abril de 2017, por cerca de 740 milhões de euros, após ter conquistado 29 troféus em 31 anos.

O fundo norte-americano Elliott Management assumiu o controlo do AC Milão há dois meses, depois de os proprietários chineses terem falhado o prazo para pagar parte do empréstimo.

Os novos proprietários do Monza tencionam levar o clube da cidade a norte de Milão - atual líder do grupo B da Série C, com três vitórias- para a Série A, pela primeira vez na história da formação com 106 anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG