Benfica admite rever alguns investimentos que estavam previstos

Domingos Soares de Oliveira, administrador da SAD encarnada, fala do "momento difícil" e defendeu "uma atitude responsável" para "rever uma série de matérias de curto e de médio prazo",

Domingos Soares Oliveira, administrador da SAD do Benfica, fez esta quinta-feira uma comunicação na BTV, na qual admitiu a possibilidade de os encarnados poderem rever alguns investimentos, tendo em conta o impacto económico que irá resultar desta época desportiva e mesmo da próxima.

"Este é um momento difícil, nenhuma organização estava preparada para fazer face ao mesmo, mas é preciso dizer que o Benfica, através daquilo que tem sido uma política responsável, chegou bem preparado, conforme viram nos resultados que apresentámos no último semestre e ao longo dos últimos seis anos. Graças a essa preparação encaramos o futuro com uma confiança redobrada", começou por dizer, antes de abordar algumas alterações que a pandemia de coronovírus poderá originar no clube.

Nesse sentido, defendeu "uma atitude responsável" e projetou que é preciso "rever uma série de matérias, criando vários cenários, de curto e de médio prazo, a nível de investimentos, de retoma das competições e dos impactos económicos" que se vão verificar "na época em curso e eventualmente ainda durante a época 2020/21".

Domingos Soares Oliveira expressou ainda preocupação com a situação "de várias Casas do Benfica" e dos "patrocinadores" que, refere, "estão a sofrer mais com esta situação". "Ao longo destas semanas, e ainda nos últimos sete dias, o comité de operações do Benfica (a Comissão Executiva, o Conselho de Administração da SAD e a Direção) esteve reunido e está a pilotar a matéria", sublinhou.

E, nesse sentido, lembrou que cada um dos colaboradores do Benfica tem a responsabilidade de "garantir que, quando chegar o momento da retoma, seja apenas uma normal atividade". E acrescentou: "Quando chegar o boom - porque este retomar de atividade pós-covid-19 vai ser muito forte -, é importante que o Benfica seja o clube que esteja melhor preparado para fazer face aos desafios nessa altura."

O administrador da SAD encarnada mostrou-se ainda convencido que a estrutura profissional do Benfica "saberá dar uma resposta adequada ao futuro" e mostrou-se otimista de que será "o clube melhor preparado para aproveitar o relance das atividades".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG