Belenenses põe ações da SAD à venda

Os azuis do Restelo abriram um processo de recolha de propostas de aquisição das 101 324 ações da SAD que ainda detém, para assim quebrar definitivamente o vínculo entre as duas entidades.

A direção do Belenenses anunciou esta sexta-feira, em comunicado, que colocou à venda a participação que ainda detém da SAD, num total de 101 324 ações com o valor nominal de 4.99 euros.

Os azuis do Restelo abriram assim um processo de recolha de propostas de aquisição, justificando que a decisão tem a ver com o divórcio entre as duas entidades que culminou com a saída da equipa profissional de futebol detida pela SAD do Restelo, jogando agora no Estádio Nacional. "Há vários anos que a Codecity [empresa com a maioria do capital da SAD] e a BSAD desrespeitam o CF Os Belenenses e desenvolvem uma prática institucional, desportiva e empresarial incompatível com a história, o património material e imaterial, os símbolos, os valores, os sócios, os adeptos, os atletas e os membros dos órgãos sociais (eleitos pelos sócios por sufrágio) do CF Os Belenenses", pode ler-se no comunicado.

E ainda acrescenta: "O Clube de Futebol 'Os Belenenses' decidiu desfazer-se das ações, ou seja, da participação social que detém na Belenenses SAD, cortando o único vínculo legítimo que ainda o liga à Belenenses SAD."

Recorde-se que o Belenenses interpôs várias ações judiciais, que determinaram que a SAD deixasse de poder usar os símbolos e o nome do clube, sendo este passo de venda das ações mais um passo importante para concretizar o desejo de a equipa de futebol que compete na I Liga seja impedida de utilizar o nome do clube.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG