Belenenses e Estrela empatam em dia de regresso ao passado na Reboleira

Jogo entre dois históricos do futebol português que estão agora nos distritais terminou sem golos. Mas o Estrela acabou com o percurso 100% vitorioso dos azuis no campeonato.

O Belenenses e o CD Estrela empataram este domingo sem golos na Reboleira, num jogo entre dois clubes históricos do futebol português que agora estão, por razões diferentes, a começar do zero nas divisões distritais. Após 11 triunfos consecutivos, o clube da Reboleira colocou um travão na senda 100% vitoriosa dos azuis.

O jogo deste domingo encheu praticamente as bancadas do velhinho Estádio José Gomes, na Reboleira, com os adeptos das duas equipas a reviverem memórias de outros tempos num grande ambiente de festa.

Apesar do empate, o Belenenses mantém-se na liderança do campeonato da I Divisão Série 2 da Associação de Futebol de Lisboa, mas deixou de contar por vitórias todos os jogos disputados até agora, pois o Estrela colocou um ponto final num ciclo de 11 triunfos do clube do Restelo no campeonato.

Os amadorenses estão esta época a começar do zero depois de ter sida decretada a falência e extinção do clube em 2011, enquanto o Belenenses assumiu este ano o desafio de começar com uma equipa nos distritais depois do divórcio com a SAD.

A maior coroa de glória do Estrela da Amadora foi alcançada em 1989/90, quando a equipa orientada por João Alves conquistou a Taça de Portugal numa final com o Farense. Na época anterior, o Belenenses conquistou a última das suas três Taças de Portugal frente ao Benfica, perdendo-se já na memória o título nacional de 1945/46.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG