Francisco Belo e o 4.º lugar nos Europeus de atletismo: "Se estou satisfeito? Sim e não"

Português ficou fora do pódio na final do lançamento do peso, alcançando o recorde pessoal e a melhor marca portuguesa do ano com 20,97 metros. Ficou a sensação "de que podia ser melhor". "Dei tudo, até perdi a voz", referiu

O atleta português Francisco Belo foi esta sexta-feira quarto classificado na final do lançamento do peso dos Campeonatos Europeus de pista coberta, com um recorde pessoal (20,97 metros), em Glasgow, na Escócia.

O benfiquista fez um excelente concurso, dos seus melhores, com a melhor abertura de sempre (20,59 metros), que deixou em sentido a concorrência, e no segundo ensaio fez 20,97 metros, recorde pessoal e melhor marca portuguesa do ano.

Belo ainda lançou a 20,65 metros, 20,56 e fez dois nulos, um deles com uma marca que poderia dar-lhe uma medalha, que o deixou com um sentimento agridoce.

"Se estou satisfeito? Sim e não, como sempre. Quando uma pessoa dá o seu melhor, tem de estar satisfeito, mas fica sempre a sensação de que podia ser melhor, e de facto assim foi naquele nulo que poderia ter dado outro desfecho. Como disse de manhã, dei tudo, até perdi a voz", referiu o atleta.

Com a sua folgada abertura de concurso, Belo acabou por dizer que aproveitou para fazer uns ajustamentos, mantendo a garra e procurando melhorar.

"Tentei passar aquela barreira dos 21 metros, aproximar-me das medalhas, que estiveram muito perto, mas todos os atletas estão aqui para dar o seu melhor, foi uma final com enorme nível. Ficou essa sensação agridoce, com aquele quarto lugar, que é sempre aquele que é bom e é mau, está perto e está longe", referiu, admitindo que este é um bom quarto lugar, com um recorde pessoal.

Para Francisco Belo, estar nas grandes competições é sinónimo de que os atletas têm de dar o seu melhor e tentar sempre chegar mais longe. Com este resultado, o atleta do Benfica conseguiu já os mínimos para os Campeonatos Mundiais em Doha, no Qatar.

"Deixa-nos confortáveis, com confiança no trabalho feito e com vontade de fazer sempre mais", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG