As 11 expulsões da carreira de Cristiano Ronaldo. A primeira foi aos 19 anos

A expulsão polémica de CR7 no jogo com o Valência foi a primeira na Liga dos Campeões. Mas o avançado já foi expulso em outras provas. A primeira vez foi pelo Manchester, a última até quarta-feira tinha sido diante do Barcelona

2003/04
Premier League, 38.ª jornada. Aston Villa-Manchester United: 0-2

A primeira expulsão da carreira senior de Cristiano Ronaldo chegou aos 19 anos, na última jornada da sua época de estreia na liga inglesa. Na deslocação do Manchester United ao terreno do Aston Villa, o português teve um jogo particularmente ativo. Inaugurou o marcador logo aos quatro minutos, mas acabaria expulso por acumulação de amarelos. Primeiro, foi admoestado por alegadamente mergulhar para o relvado à procura de uma falta, aos 34 minutos; depois, veria o segundo amarelo por atirar a bola para a baliza já depois de o árbitro interromper o lance, aos 88'. Mais tarde, o seu primeiro amarelo foi-lhe retirado pelo comité disciplinar, pelo que não teve de cumprir qualquer suspensão.

2005/06
Premier League, 22.ª jornada. Manchester City-Manchester United: 3-1

No dérbi de Manchester, contra um City que então ainda não era o projeto milionário da família real do Abu Dhabi, Cristiano Ronaldo viu pela primeira vez um vermelho direto. O jogador português entrou de forma ostensiva, num carrinho com pé levantado, sobre o antigo jogador do United Andy Cole, numa altura em que os red devils já perdiam por 2-0 e Ronaldo tinha sido vítima de algumas entradas mais duras.

2007/08
Premier League, 2.ª jornada. Portsmouth-Manchester United: 1-1

Novo vermelho direto e três jogos de suspensão, desta vez por agredir com uma cabeçada o médio do Portsmouth Richard Hughes, logo à segunda jornada do campeonato.

2008/09
Premier League, 15.ª jornada. Manchester City-Manchester United: 0-1

Os dérbis são jogos de paixão acrescida e Cristiano Ronaldo sempre foi um jogador emotivo. À 15.ª jornada da liga inglesa 2008/09, na sua última época pelo Manchester United,o português voltou a ser expulso numa visita ao terreno do City, pelo antigo árbitro Howard Webb. Ronaldo viu dois amarelos: o primeiro por uma falta sobre Shaun Wright-Phillips e o segundo por mão na bola.

2009/10
Liga espanhola, 13.ª jornada. Real Madrid-Almería: 4-2

Na época de estreia do Real Madrid, a carregar o estatuto de transferência mais cara da história do futebol (94 milhões de euros), Cristiano Ronaldo foi expulso por duas vezes. A primeira neste jogo da 13.ª jornada, no Santiago Bernabéu, frente ao Almería, onde viu dois amarelos por faltas nos cinco minutos finais de um jogo em que já falhara um penálti e fechara o marcador um pouco antes (84').

Liga espanhola, 19.ª jornada. Real Madrid-Málaga, 2-0

Cristiano Ronaldo viu o vermelho direto aos 70 minutos, após um lance em que tentou livrar-se do agarrão com que o dinamarquês Mtiliga tentava impedir o contra-ataque do português, que já marcara os dois golos da vitória merengue. Ronaldo tentou libertar-se com o braço e o árbitro considerou uma agressão por cotovelada.

2012/13
Taça do Rei: Real Madrid-Atlético Madrid, 1-2 (a.p.)

Uma noite para esquecer para o Real Madrid, que perdeu a final da Taça de Espanha para o eterno rival, apesar de CR7 até ter marcado primeiro para os merengues, num lance de cabeça. O Atlético empatou depois por Diego Costa e o jogo foi para prolongamento, onde tudo correu mal. José Mourinho, na altura treinador do Real Madrid, foi expulso por protestos. E já perto do final, numa altura em que os colchoneros já venciam por 2-1, Ronaldo foi expulso aos 114 minutos, depois de num lance com Gabi ter roçado a chuteira no nariz do adversário.

2013/14
Liga espanhola: Ath. Bilbau-Real Madrid, 1-1

O Real Madrid estava em vantagem em Bilbau numa partida a contar para o campeonato espanhol, com um golo de Jesé Rodriguez a passe de Ronaldo. Mas os bascos empataram a partida aos 73 minutos, por Ibai Gomez. Dois minutos depois desse golo, CR7 envolveu-se com Gurpegi, defesa do Athletic Bilbau. O árbitro considerou que houve um agressão do português e deu-lhe ordem de expulsão.

2014/15
Liga espanhola: Cordoba-Real Madrid, 1-2

Minuto 83, CR7 expulso. Num jogo relativo à Liga espanhola, o avançado português envolveu-se com Edimar, antigo jogador brasileiro que tinha atuado no Rio Ave e no Sporting de Braga, e foi mais cedo para os balneários. Na ata do árbitro Alejandro Hernández surgiu depois a explicação: Cristiano Ronaldo deu um pontapé num adversário quando a bola não estava à distância de ser jogada.

2017/18
Supertaça de Espanha: Barcelona-Real Madrid, 1-3

Num jogo onde até começou estranhamente sentado no banco de suplentes (entrou aos 58 minutos para o lugar de Benzema) e marcou o segundo golo do Real Madrid, Ronaldo não evitou a expulsão aos 80', por acumulação de cartões amarelos. O primeiro foi por protestar uma decisão do árbitro (reclamou um penálti num lance com Umtiti na área dos catalães) e o segundo por ter tirado a camisola para festejar o golo que marcou.

2018/19
Liga dos Campeões: Valência-Juventus, 0-2

Ao 154.º jogo na Champions, o primeiro com a camisola da Juventus, Ronaldo foi expulso pela primeira vez na prova europeia mais importante de clubes, numa decisão muito polémica do árbitro alemão Felix Brych, depois de se aconselhar com um dos seus auxiliares que terá visto o lance. Tudo aconteceu aos 30 minutos na área do Valência. Murillo estava no chão e Ronaldo colocou-lhe a mão na cabeça, no que foi interpretado pelo árbitro como uma agressão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG