App da liga espanhola espiou utilizadores para procurar transmissões ilegais de jogos

Aplicação móvel do campeonato espanhol usou microfone dos telemóveis para procurar retransmissões piratas

A Associação Espanhola de Proteção de Dados (AEPD) multou a liga espanhola de futebol profissional em 250 mil euros por espiar utilizadores do seu aplicativo móvel oficial.

A app de La Liga, que tem quatro milhões de utilizadores em Espanha e dá conta dos resultados dos jogos, utilizou o microfone dos telemóveis em que está instalada para tentar detetar transmissões pirateadas dos jogos da liga através de um sistema de deteção de impressões digitais.

A AEPD não multou a Liga Espanhola pela existência dessa tecnologia, mas por os utilizadores não saberem dela, considerando que os usuários não foram suficientemente informados de que a app espiou os aparelhos durante os horários de transmissão dos jogos.

Entretanto, La Liga contestou a sanção e anunciou que vai recorrer, argumentando que a aplicação não registou som e que solicitou claramente aos utilizadores permissão para aceder aos dados do microfone, o que para a AEPD é pouco claro. Ainda assim, a entidade que tutela o futebol profissional espanhol anunciou que essa tecnologia será rapidamente removida da app.

O Regulamento Geral Europeu de Proteção de Dados, que entrou em vigor há um ano em toda a União Europeia, exige que os responsáveis pelas aplicações obtenham o consentimento "livre e informado" dos utilizadores antes de qualquer recolha de dados, seja para o que for.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG