Antigo treinador do Benfica critica André Gomes: "completamente perdido em campo"

Internacional português acusado de perder a concentração por Graeme Souness, que orientou as águias entre novembro de 1997 e maio de 1999

André Gomes já tem quase tantos minutos de competição em meia época no Everton (930) do que em toda a temporada anterior pelo Barcelona (1188), clube com o qual tem contrato e o cedeu aos toffees, mas nem por isso se livrou das críticas.

Na sequência da pesada derrota da equipa orientada por Marco Silva ante o Tottenham (2-6) no fim de semana, o antigo treinador benfiquista Graeme Souness foi bastante duro para com o internacional português, culpando-o do golo com que os spurs deram a volta ao marcador.

"Delle Alli está a cinco ou seis jardas (4,57 ou 5,49) mais afastado da bola e consegue chegar primeiro do que André Gomes, que continua a olhar. André Gomes está completamente perdido em campo. Os grandes jogadores nunca podem perder a concentração. Têm de estar atentos até que o árbitro apite para o final do encontro. Devem estar atentos em todos os momentos, seja uma boa ou má situação. Delle Alli demonstra que tem confiança em recuperar a bola e por isso está atento à jogada", considerou o escocês que orientou as águias entre novembro de 1997 e maio de 1999, à Sky Sports.

À mesma cadeia televisiva mas dias antes, André Gomes deu conta de estar feliz em Inglaterra: "Sinto-me feliz, sinto-me diferente. É uma mescla entre liberdade e desfrutar do que estou a fazer agora."

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG