Alexis Santos desafia o mítico Yokochi

Nadador do Sporting tenta uma segunda medalha nos Europeus 2018, que começam nesta sexta-feira, depois do bronze em 2016, para superar o mítico Alexandre Yokochi, durante 31 anos o único a conseguir um pódio (prata) na história da natação em piscina longa.

Os Europeus de natação arrancam nesta sexta-feira, em Glasgow, não muito longe do local (Londres, 2016) em que o jovem Alexis Santos conseguiu a segunda medalha da história da natação em piscina longa. O nadador do Sporting obteve o bronze nos 200 metros estilos, quebrando um longo reinado solitário de Alexandre Yokochi, que em Sofia 1985 (Bulgária) tinha conquistado a, até há dois anos, única medalha da história da piscina longa de Portugal em grandes competições (Europeus, Mundiais e Jogos Olímpicos).

Vencedor de inúmeras provas e símbolo da modalidade por mais de três décadas, Yokochi conseguiu a medalha de prata nos 200 metros bruços, repetindo a façanha que tinha alcançado como júnior nos Europeus de 1980, em Skovde (Suécia).

Com uma comitiva de 12 nadadores, Portugal joga muito do sucesso na Escócia com o desempenho de Alexis Santos em 200 e 400 metros estilos, embora seja na distância mais curta que o atleta se apresenta com melhores resultados. Alexis conseguiu a marca de 1.58.88 minutos no dia 1 de abril de 2017, estabelecendo o recorde nacional (este tempo permite-lhe apresentar-se como 10.º do ranking nestes campeonatos). Na distância mais longa, também se apresenta com o recorde nacional (4.15.84 - 6 de agosto de 2016), mas mais abaixo no ranking dos Europeus (14.º).

A outra grande esperança portuguesa é Diana Durães, do Benfica, que vai nadar quatro distâncias em que detém os recordes nacionais: 200 (41.ª no ranking dos Europeus), 400 (9.ª), 800 (6.ª) e 1.500 (5.ª) metros livres.

"Os objetivos desta participação passam por dez posições de semifinalistas, podendo abarcar presenças em seis finais. Comparando com os últimos anos, houve um salto qualitativo importante na participação em grandes competições internacionais. No Europeu de Londres 2012 tivemos dois finalistas: Alexis Santos e Diogo Carvalho. Nessa altura só participámos nessa competição com um nadador entre os oito primeiros da entry list. Agora temos três nadadoras no top 8 em quatro provas e quatro atletas no top 10. Isso deixa-nos esperançados. Julgo que se estivermos em quatro finais ficaremos orgulhosos", assumiu o diretor técnico nacional, José Machado.

Alexis Santos, que terá a companhia de Diogo Carvalho e Gabriel Lopes, disputa as eliminatórias (09.30) e, espera-se, as finais (17.00) dos 200 metros estilos no domingo. Alexis Santos e Gabriel Lopes disputam na quinta-feira, dia 9, juntamente com João Vital e Tomás Veloso, as eliminatórias (09.00) e, desejavelmente, as finais (16.45) dos 400 metros estilos.

Nesta sexta-feira, primeiro dia dos Europeus, há sete atletas a nadar eliminatórias a partir das 09.30: Victoria Kaminskaya (400 estilos), Miguel Nascimento (400 livres), Gabriel Lopes (50 costas), Ana Catarina Monteiro (100 mariposa), Tomás Veloso (100 bruços), Diana Durães e Tamila Holub (800 livres).

SELEÇÃO PORTUGUESA NOS EUROPEUS 2018 (3 a 12 agosto):
Ana Monteiro (Fluvial Vilacondense) - 50 mariposa, 100M, 200M.
Diana Margarida Durães (Benfica) - 200 livres, 400L, 800L, 1500L.
Raquel Gomes Pereira (Algés e Dafundo) - 50 bruços, 100B, 200B.
Tamila Holub (SC Braga) - 400L, 800L, 1500L.
Victoria Kaminskaya (Benfica) - 200B, 200 estilos, 400E.
Alexis Manaças Santos (Sporting) - 200E, 400E.
Diogo Filipe Carvalho (Galitos de Aveiro) - 100 mariposa, 200E.
Gabriel Lopes (A. Louzan) - 50 costas, 200C, 100M, 200E, 400E.
Guilherme Pina (Sporting) - 800L, 1500L.
João Vital (Sporting) - 200C, 400E.
Miguel Nascimento (Benfica) - 50L, 200L, 400L, 200M.
Tomás Veloso (Náutico Académico de Coimbra) - 100B, 200B, 400E.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG