Adversário do Benfica na Champions tem dívida de 621 milhões de euros

Novo presidente do Fenerbahçe, Ali Koç, revelou dívida total do clube turco. Antiga direção apontava a 400 milhões de euros

O recém-eleito presidente do Fenerbahçe, Ali Koç, revelou que a dívida total do clube turco, adversário do Benfica na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, é de 621 milhões de euros.

Ali Koç, milionário turco foi eleito a 3 de junho depois de derrotar Aziz Yildirim, que liderava o emblema de Istambul há 20 anos, cifrou a dívida da secção de basquetebol em cerca de 8,5 milhões de euros e reconheceu que houve salários em atrasos no plantel masculino da modalidade, atual vice-campeão da Euroliga e uma das das equipas com orçamento mais alto da prova, a par do CSKA Moscovo, Real Madrid e Barcelona.

"Prometemos a Zeljko Obradovic [treinador] que os pagamentos seriam feitos a tempo, mas não o conseguimos e sinto-me envergonhado diante dele", assegurou o novo líder do clube à Fenerbahçe TV, em declarações recolhidas pela Eurohoops e reproduzidas pelo As. Esta confissão surge depois de o Grupo Dogus, a viver dificuldades económicos e rival comercial das empresas do recém-eleito presidente, deixar esta temporada de ser o patrocinador da equipa de basquetebol, ou seja, de injetar 15 milhões de euros anuais.

Koç explicou ao canal televisivo do clube que a dívida total do clube é maior do que havia dito a antiga direção, que apontava a 400 milhões de euros. No entanto, o valor é de 621 M e poderá ascender a mais de 700 M durante a próxima temporada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG