Vitória de Guimarães B derrota Vizela

Num duelo de vizinhos, a equipa vitoriana recebeu e venceu o Vizela (2-0) e somou o 11º triunfo nos últimos 12 jogos em casa

O Vitória de Guimarães recebeu e venceu esta segunda-feira o Vizela por 2-0, em jogo de encerramento da 35.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol, e subiu à sétima posição da prova.

Os golos de Xande Silva, aos 59 minutos, e de João Correia, aos 90+2, permitiram aos vitorianos alcançarem o 11.º triunfo nos últimos 12 jogos em casa e assumirem o estatuto de equipa B mais bem classificada, com 51 pontos, mais 10 do que os vizelenses, que já não vencem fora há 15 jogos e ocupam o 18.º lugar, um dos que obrigam à disputa do 'play-off' de manutenção no segundo escalão.

O duelo de vizinhos abriu com um remate forte de Bruno Mendes ao poste direito da baliza vizelense, mas a ocasião foi um caso isolado num primeiro tempo com domínio vitoriano, mas escassos lances dignos de nota.

O Vizela surgiu recuado em Guimarães, mas estendeu-se no terreno a partir do minuto 10 e criou o lance mais perigoso aos 17, quando João Vieira, assistido por Panin, atirou ligeiramente por cima.

A equipa de Vítor Campelos retomou o controlo nos 20 minutos finais do primeiro tempo, mas só já perto do intervalo ameaçou a baliza de Pedro Albergaria, num cabeceamento de Joseph ao lado, aos 42, e num remate muito forte de Sacko, a centímetros do poste, aos 45+1.

O Vitória B, mesmo sem empregar muita velocidade no seu futebol, continuou a mandar na segunda parte, circulando a bola nas imediações da área contrária, e marcou o único golo do encontro aos 59, com Xande Silva a responder a um cruzamento de Vigário da esquerda, com um desvio fora do alcance do guardião adversário.

Mesmo em desvantagem, a turma de Carlos Cunha continuou inexistente no ataque, e o desafio prosseguiu no sentido da baliza vizelense, com o recém-entrado João Correia a selar o resultado nos descontos, com um remate entre as pernas de Pedro Albergaria, já depois de Vigário ter visto o vermelho direto, por falta sobre Dani Coelho, aos 87.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG