Vicente Lucas sofreu amputação do pé esquerdo

Velha glória do Belenenses e da seleção nacional foi submetida a operação para debelar uma gangrena

O Belenenses informou esta terça-feira que o ex-internacional português Vicente Lucas foi submetido a uma intervenção cirúrgica e sofreu a amputação parcial do pé esquerdo. O defesa que ficou célebre no Mundial de 1966 pela marcação cerrada a Pelé, durante o Portugal-Brasil, sofria de gangrena.

"Vem a Direcção do Clube de Futebol "Os Belenenses" informar que, tal como foi dado a conhecer esta manhã, Vicente Lucas foi ao final da tarde submetido a uma intervenção cirúrgica no Hospital de São Francisco Xavier, sendo agora possível dizer que a operação correu bem e em conformidade com o esperado pela equipa médica, mas não tendo sido possível evitar a amputação parcial de um membro inferior", comunicou o Belenenses.

"No momento em que o nosso Vicente Lucas já se encontra no recobro, o Clube de Futebol "Os Belenenses" agradece a preocupação manifestada ao longo do dia por várias entidades e por milhares de adeptos que vêem em Vicente Lucas uma das maiores referências do futebol português, e informará de novos desenvolvimentos sempre que se justifique", acrescenta o clube do Restelo.

FPF deseja melhoras

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, desejou rápidas melhoras ao ex-jogador, que considerou uma "grande glória" do Belenenses e da seleção portuguesa.

"Tendo tomado conhecimento da delicada situação de saúde do Vicente Lucas, grande glória do CF Os Belenenses, da seleção nacional e do futebol português, venho, em nome pessoal e da Federação Portuguesa de Futebol, endereçar-lhe os sentidos votos de um pronto restabelecimento e um regresso, tão cedo quanto possível, ao seio daqueles que tanto o estimam", lê-se numa mensagem publicada no sítio oficial do organismo.

Fernando Gomes considera que a "personalidade vincada e independente" e o "perfil de grande campeão" vão ajudar na recuperação de "uma das grandes glórias do futebol português e da seleção nacional, onde alinhou por 20 vezes".

"Homem bom e generoso de afetos, Vicente Lucas perdura na nossa memória como o jogador que enfrentou Pelé no inolvidável Mundial de 1966", lembra Fernando Gomes, que recorda que o ex-futebolista foi "distinguido recentemente na Gala 'Quinas de Ouro' como um dos melhores onze jogadores históricos do futebol português".

Irmão de Matateu, outra glória do Belenenses, Vicente Lucas nasceu em Maputo e vestiu a camisola dos azuis do Restelo entre 1954/55 e 1966/67, tendo conquistado a Taça de Portugal, em 1959/60.

Terminou a carreira de futebolista aos 31 anos, devido a uma lesão na vista na sequência de um acidente de viação, em outubro de 1966, pouco depois de se ter celebrizado com a marcação a Pelé na vitória lusa frente ao Brasil, por 3-1, no Campeonato do Mundo, numa das 20 ocasiões em que vestiu a camisola das 'quinas'.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG