Van Gaal não consegue contrariar a "Lei de Murphy"

Histórico clube de Old Trafford está em declínio desde a saída de Sir Alex e tem um "onze" de lesionados. Mourinho desejado

Já se sabia que o Manchester United demoraria algum tempo a "esquecer" Alex Ferguson, mas nem os mais pessimistas adeptos dos red devils imaginariam tamanho declínio no clube desde a saída do escocês. O Manchester United vai cumprir a terceira época fora das contas para o título de campeão e, neste momento, até o apuramento para a Liga dos Campeões está em risco. Van Gaal é o mais visado pelas críticas dos adeptos, que torcem para que José Mourinho rume a Old Trafford no final da época.

A derrota na Dinamarca frente ao Midtjylland, por 2-1, foi a 10.ª derrota da temporada e intensificou as críticas ao holandês, que já nem escapa às críticas de um dos maiores patrocinadores do Man. United, a Adidas. Após Herbert Hainer, CEO da marca, ter lançado críticas ao estilo de jogo imposto pelo holandês em Old Trafford, a Adidas lançou uma t-shirt para adeptos dos red devils, com a frase "O dever de entreter."

Embora nada o confirme, a imprensa inglesa não tardou em associar essa frase a uma crítica a Van Gaal e ao seu estilo de jogo. Ironicamente, o Manchester United tem a t-shirt à venda no seu site, devido à parceria com a Adidas. A marca alemã não está satisfeita com a quebra do Manchester United, pois celebrou, no último verão, um contrato de patrocínio para os próximos 10 anos, no valor de 960 milhões de euros. Afastado da luta pelo título e eliminado na fase de grupos da Champions, o Manchester United não está a promover a marca como esta desejaria.

Leia mais na edição impressa e no epaper do DN.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG