UEFA premeia adeptos mais fiéis com 30 mil bilhetes grátis

De acordo com o organismo europeu, clubes poderão utilizar estes ingressos para recompensar os seus fãs mais leais.

A UEFA vai homenagear a fidelidade dos adeptos ao futebol europeu durante a pandemia de covid-19, pelo que vai oferecer 30 mil bilhetes às equipas finalistas das suas várias competições. "Os adeptos de futebol são a alma do jogo e pensamos que seria uma boa maneira de reconhecer as dificuldades que viveram nos últimos dois anos, tendo, ainda assim, apoiado as suas equipas e vivendo a sua paixão, mesmo longe dos estádios", justificou o presidente da UEFA, o esloveno Aleksander Ceferin.

A Liga dos Campeões terá 10 mil ingressos grátis, a dividir equitativamente pelos clubes (5000 a cada), a Liga Europa 8000 e a Liga Conferência Europa e a Liga dos Campeões femininos com 6000 cada, sempre nos moldes de repartição igual pelos protagonistas.

De acordo com a UEFA, cada um dos clubes poderá utilizar estes ingressos para recompensar os seus seguidores mais leais, como por exemplo os titulares de bilhetes de época mais antigos ou aqueles que assistiram à maioria dos jogos das respetivas equipas fora de casa.

O organismo que tutela o futebol europeu deixou ainda claro que aqueles ingressos "não podem" ser entregues a patrocinadores, parceiros ou funcionários dos clubes.

A UEFA decidiu ainda manter os preços dos bilhetes de acordo com os praticados em 2020, pelo que as finais da Champions masculina até 2024 vão continuar com os preços de 70 euros para a categoria 4 e de 180 para a categoria 3.

"Os adeptos desempenham um papel fundamental no desenvolvimento do futebol e devemos garantir que os mais leais possam assistir a momentos históricos das suas equipas a preços acessíveis", acrescentou Aleksander Ceferin.

A UEFA assume que está "plenamente consciente da atual situação inflacionista" das entradas para eventos desportivos nos últimos anos, pelo que pretende que a limitação dos preços por, pelo menos, três temporadas, seja "um forte sinal aos adeptos e um garante de que o futebol seja acessível a todos".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG