Jogar na Champions por duas equipas vai ser permitido

UEFA permite inscrição de três atletas contratados no mercado de inverno em 2018/19

A UEFA anunciou hoje uma série de alterações nas regras referentes à Liga dos Campeões e Liga Europa de futebol, com destaque para a possibilidade de os clubes inscreverem três jogadores contratados no mercado de inverno.

As novas regras, em vigor a partir da próxima temporada, retiram as restrições que tinham lugar nas transferências de atletas que já tivessem jogado na fase de grupos das provas europeias, que estavam impedidos de alinhar pelo novo clube, como aconteceu esta temporada, por exemplo, com o brasileiro Philippe Coutinho, transferido do Liverpool para o FC Barcelona.

"Um clube pode registar três novos jogadores elegíveis sem quaisquer restrições, em linha com a situação regulatória existente nas diferentes ligas domésticas, que não impõem restrições na janela de inverno", referiu o organismo de cúpula do futebol europeu, através do seu sítio 'online'.

Outra das alterações prende-se com as finais da 'Champions' e da Liga Europa, bem como a Supertaça Europeia, com 23 jogadores, em vez de 18, a passarem a surgir na ficha de jogo, o que permite 12 jogadores no banco de suplentes, em vez de sete, para permitir "mais flexibilidade aos treinadores com substituições e facilitar gestão de plantel para os jogos mais importantes da temporada", explicou a UEFA.

A partir da temporada 2018/19, poderá ser efetuada uma quarta substituição no prolongamento de jogos da fase a eliminar.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG