"Uma onda verde maior do que a da Nazaré", diz Carmona Rodrigues

Ex-presidente da Câmara de Lisboa impressionado com a afluência às urnas nas eleições do Sporting

O ex-presidente da Câmara de Lisboa António Carmona Rodrigues falou hoje de "uma onda verde maior do que a da Nazaré" e em "sinal de vitalidade" para expressar a grande afluência de sócios às urnas nas eleições do Sporting.

"É uma demonstração do interesse e empenhamento da massa associativa na vida do clube e da grande dimensão do Sporting. Estava ali um amigo meu a dizer, com alguma graça, que esta onda verde é muito maior do que a onda gigante da Nazaré e temos de nos orgulhar disso e de nos mobilizar para tornar o Sporting cada vez maior", disse Carmona Rodrigues, assumido apoiante da candidatura de Pedro Madeira Rodrigues.

Questionado sobre o apoio visível a Bruno de Carvalho por parte dos sócios que se encontram nas filas, não se mostrou preocupado: "Sou um homem que já fez muito desporto e que já passou por muitas eleições".

"Para mim, ganhar ou perder faz parte da vida. Eu costumo dizer que mais difícil que saber ganhar ou perder é ter coragem de não ir à competição. Fazê-lo é sinal de vitalidade e desportivismo, sabendo que umas vezes ganha-se e outras perde-se", salientou.

Carmona Rodrigues elogiou a atitude de Madeira Rodrigues de avançar para a presidência do Sporting: "Se houvesse um candidato estariam aqui muito menos pessoas. Havendo mais do que um é bom porque as pessoas mobilizam-se e interessam-se mais por conhecer a situação financeira e desportiva do clube para tomarem as suas opções em consciência".

"Se há uma maioria silenciosa? Não sei, há muitas pessoas que expressaram o seu sentido de voto para a comunicação social, mas muitas não o fizeram. O meu amigo Rui Oliveira e Costa dizia há bocado, ele que é um especialista, que é impossível fazer uma sondagem nestas condições", concluiu Carmona Rodrigues, o qual, desafiado a avançar com um prognóstico para o vencedor das eleições, disse esperar que Madeira Rodrigues, de quem é amigo há muitos anos, saia vencedor.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG