Percentagem do passe atrasa negócio Slimani

Leões tentam comprar 20% do passe do argelino a uma empresa para fechar o negócio com o Leicester

A transferência de Islam Slimani para o Leicester ainda não é certa. Segundo apurou o DN, o Sporting e a Clássico (empresa que detém 20% do passe do argelino) ainda não chegaram a acordo. E se não o fizerem o negócio não pode ser concretizado.

Como em Inglaterra é proibida a partilha de passes, os leões têm de chegar a um acordo com a empresa para comprar os 20% e só depois fechar o negócio com o clube inglês. Se não o fizerem arriscam a 'perder' 20% do negócio total para a empresa do empresário saudita, Ghurm AlOmari, presidente da Clássico, que possibilitou a chegada do avançado a Alvalade em 2013.

Ainda segundo o DN apurou a proposta que os leões fizeram ao milionário dono da Clássico para a compra do resto do passe de Slimani não agradou e se Bruno de Carvalho não aumentar a oferta... nada feito.

O jogador está a par das negociações, mas já foi avisado que o Sporting exige agora 40 milhões de euros pelo seu passe. Uma forma de os leões receberem o que querem e ainda terem almofada para pagar o que o saudita dono de 20% pretende

O Leicester tem uma palavra a dizer. Já na época passada abortaram o negócio depois de o clube de Alvalade mudar as condições acordadas, e nada garante que não faça o mesmo agora.

Exclusivos